Thirteen

THIRTEEN | Em Pausa

O Thirteen faz cinco anos no próximo mês (surpreendidos?) e eu estou naquela fase estúpida em que sinto que já escrevi sobre tudo e mais alguma coisa, como se os temas e as ideias não fossem infinitas. É um fenómeno anual que me acontece há já algum tempo e que não há forma de evitar. O Thirteen é uma parte importante da minha vida mas, infelizmente, é aquela parte que é cortada quando o tempo escasseia. E, admito, tem sido difícil conciliar tudo. Quando o nosso quotidiano se limita a trabalho, projetos, desafios, formações, eventos profissionais e horas de sono, é difícil inovar e conseguir energia para escrever para além daquilo que somos obrigados a escrever.

Tenho muitas novidades para partilhar sobre o Thirteen Studio, sobre a minha vida profissional, sobre o Inter Rail, sobre o apartamento (que, não, ainda não está pronto). Tenho algumas publicações para escrever sobre saúde, sobre mundo, sobre mim. Mas não me apetece. E por isso vou partilhando fotografias no Instagram, apostando no Desafio 1+3 e esperando que a vontade regresse. Até isso acontecer, trabalho muito com a certeza de que este blogue não é, nem será, uma obrigação. Regresso em breve, com a energia renovada!


Daqui a três meses estarei de regresso do InterRail!

1+3 | Uma Regra

Eu e o Gui não dormimos chateados um com o outro. Acreditamos que os assuntos devem ser resolvidos no próprio dia e que não devemos deixá-los arrastar. Conversar sobre o que nos incomoda e adormecer de consciência tranquila - com a certeza de que a nossa felicidade enquanto casal tem mais força do que a necessidade de ter razão (na maior parte das vezes) - é muito importante para ambos.

Há muita coisa que me preocupa nesta história das relações amorosas mas dormir zangada com a pessoa que amo está no topo da lista. Ainda que, por vezes, a solução passe por resolver o problema calmamente no dia seguinte, confesso que é algo que me causa uma ansiedade tremenda e que evito a todo o custo. A comunicação é um dos pilares-base de qualquer relação e esta regra apenas vem confirmar este facto.

Existem algumas regras que privilegiamos na nossa relação - se é que lhes podemos chamar de regras - e que cumprimos no nosso quotidiano de uma forma muito natural desde o princípio. Não dormir chateados é, sem dúvida alguma, uma das mais importantes (e, se me permitem a audácia, algo que todos os casais deveriam privilegiar também). Uma simples regra que mexe com o nosso equilíbrio e com a nossa tranquilidade e que nos torna mais fortes e compreensivos.



Os novos cabides para o corredor da entrada são assim. Tudo menos comuns!

QUERIDO PAI NATAL | Cadeiras IMS Supreme

N'O Apartamento existe um balcão que divide a sala da cozinha e que eu adoro. Tenho a certeza que vamos usá-lo imenso - até porque ter uma mesa de refeição na sala de estar de forma permanente não é opção - e que, entre pequenos-almoços e jantares mais ou menos elaborados, será um cantinho muito especial. 

No entanto, encontrar três cadeiras altas que não me façam lembrar um bar duvidoso ou que não custem três rins - que, obviamente, não tenho - tem sido complicado. As que eu quero meeeesmo são estas - com o assento em cinza e as pernas em madeira natural (exatamente como na imagem que deixo de seguida) - e acredito que combinem na perfeição com o tom de rosa do meu sofá porém, confesso, seria bem mais feliz se o Pai Natal aproveitasse o desconto e mandasse entregar três exemplares no T1 em obras mais famoso do Instagram (#OApartamentoDaCarolina). Será viável?