Pessoalmente, não gostei nada do vestido de casamento de Shenae Grimes... Opiniões?

FOTOGRAFIA | Máquina Fotográfica à Prova de Água: Fujifilm FinePix

Quando eu digo que tiro fotografias debaixo de água perguntam-me sempre se tenho uma capa protectora para o smartphone ou se tenho uma máquina fotográfica "que não se afoga" e a verdade é que tenho uma Fujifilm Finepix xp10 (um dos primeiros modelos a ser lançado). Para quem gosta de desporto, para quem passa o Verão dentro de água ou simplesmente para quem é desastrado mas não dispensa uma boa dose de fotografias, é a amiga ideal.

O meu pai comprou-a na Fnac e ofereceu-ma há mais ou menos um ano e meio e desde então anda comigo para todo o lado. É prática, é resistente à água, ao pó, ao choque e ao gelo, é rápida a cumprir a sua função (dispara num instante) e não nos custa os olhos da cara pois tem um preço bastante acessível para uma máquina deste tipo. Para quem está a pensar em adquirir uma máquina fotográfica compacta para registar momentos de uma viagem ou momentos com amigos, é uma excelente opção e eu recomendo. Não é uma máquina fotográfica profissional mas tem boa qualidade para fotografias de quotidiano.

Quero comprar a Canon 600D mas ter uma máquina fotográfica compacta é essencial. Ter uma máquina leve - de preferência que caiba no bolso - é perfeito e, para mim, ter uma que pode ir comigo para todo o lado sem ter que ter cuidado com a água, a lama, o pó ou seja o que for é ainda melhor. Adoro poder levá-la para a praia sem correr o risco de a estragar. Adoro tirar fotografias e filmar debaixo de água. Foi um excelente presente e acho que tem uma relação qualidade/preço muito muito boa. Pode não ser a melhor máquina do mundo mas é uma máquina boa para os comuns mortais mais aventureiros. Sim, porque se não gostam de desporto nem de água não faz sentido comprarem uma máquina destas.

illumin4tes:

Ugh fuck off with your perfectness

Este tipo de biquinis não favorece toda a gente. Nas meninas que vi este ano pareciam apenas umas cuecas muito grandes.

FOTOGRAFIA | Los Intocables

O artista cubano Erik Ravelo decidiu criar um projecto fotográfico que tem como objectivo denunciar os diferentes tipos de abusos que impedem o direito à infância de milhares de crianças em todo o mundo. "Los Intocables" é o nome de uma série de fotografias que mostram a aparente crucificação de crianças tratando temas internacionais bastante polémicos. Entre eles está a pedofilia na igreja católica, a morte de crianças inocentes em zonas de conflito, a obesidade infantil, o turismo sexual, o tráfico de órgãos e os massacres nas escolas mas a verdade é que cada uma das imagens chama a atenção para mais do que uma temática. Várias formas de abuso infantil são representadas através das fotografias e, pela lente do cubano, fotografias tão simples fazem-nos pensar no que se passa, realmente, à volta deste mundo. 

Temas polémicos são apresentados de uma forma crua e forte mas ainda assim inteligente. Um projecto que nos marca mais do que os apelos de caridade e que não conseguem deixar-nos indiferente. Um conjunto de fotografias que cumpre os seus objectivos e que remete o observador para um mundo desigual, injusto e maléfico. Algo que nos obriga a apercebermo-nos do mundo real, fora da nossa linha de visão.


As restantes fotografias podem ser vistas daqui para a frente.

Há maneira melhor de registar os nossos sonhos ou as nossas preocupações e guardar memórias?

CRÓNICAS NO MASCULINO | Generalizações

Hoje o Lucky 13 ganhou um novo escritor. É com muito prazer que participo neste blogue e espero que continuem a seguir o espaço da Carolina para que ela continue a sentir motivação para escrever tão bem como escreve, porque ela é muito especial! A convite da minha namorada, no dia 24 de cada mês serei o autor de uma nova rubrica chamada "Crónicas no Masculino" (daqui em diante poderão encontrar todas as publicações numa etiqueta com o mesmo nome na barra lateral). O dia 24 sempre foi importante para nós e, por isso, se é para criarmos uma rubrica mensal juntos, faz todo o sentido que as publicações sejam feitas neste dia. Vamos ao primeiro texto, então:

Generalizar... Parece-vos algo tipicamente português? Ou é algo que está relacionado com a génese do ser humano em todo o mundo? Um comportamento individual? Ou um fenómeno social? O primeiro ponto que quero frisar é que, na minha opinião, as generalizações são pontos de vista preguiçosos do ser humano. Com isto quero dizer que as mentes brilhantes que generalizam olham para um tipo de pessoa, atitude ou comportamento e multiplicam-no por toda a comunidade, género, país, etnia ou coletividade em que esse indivíduo visado está inserido. O tipo que põe “toda a farinha no mesmo saco” apresenta muitos indícios da presença da lei de menor esforço: “Estou demasiado cansado para ver as exceções à regra e por isso toda a gente que pertença ao mesmo grupo vai possuir as mesmas características”. O exemplo que dou é, por exemplo, a citação que defende que “os homens são todos iguais”. Nada me consegue enervar mais do que uma frase que põe indivíduos do sexo masculino (bons/maus; simpáticos/antipáticos; sensíveis/insensíveis; cultos/fúteis; interessantes/desinteressantes), todos no mesmo saco e o mesmo se aplica quando a mesma frase é dita em relação às mulheres.

Em segundo lugar, a verdade é que as generalizações demonstram também alguma ignorância e algum preconceito. Por exemplo, se eu disser que “todas as mulheres conduzem mal” estou a rebaixar um determinado grupo - as mulheres, neste caso – em matéria de condução, procurando enaltecer a minha condição de homem e a minha quase certa aptidão para conduzir muito bem. Estou a revelar ignorância porque não estou a demonstrar competência para avaliar a qualidade da condução, por exemplo, da minha irmã, que por sinal conduz muito bem e possivelmente melhor do que eu alguma vez conduzirei. Se eu afirmar que "todos os indivíduos de raça negra são burros”, para além de estar a rebaixar outra raça, enaltecendo a caucasiana da qual tenho caraterísticas biológicas, estou a ser ignorante ao desprezar a inteligência de homens como Nelson Mandela, Barack Obama, Kofi Annan, Martin Luther King, Morgan Tsvangirai, Morgan Freeman ou Bob Marley.

O terceiro e último ponto tem a ver com o facto das generalizações serem altamente susceptíveis a estarem erradas. Existe, então, uma maior probabilidade de sermos injustos e errantes quando pomos todos os frutos na mesma árvore. “Todos os chineses são baixinhos”; “Todos os políticos são corruptos”; Todos os ciganos são ladrões”; “Todos os portistas são violentos”; “Todos os habitantes de Cascais são jet-set”; “Todos os alemães são frios e insensíveis”; “Todas as mulheres são complicadas”; “Todos os homossexuais são efeminados”. Estes são apenas alguns dos muitos exemplos que vão aparecendo no nosso quotidiano mas tenho a certeza que vocês conhecem mais e que têm alguém na vossa vida que é especialista na arte de generalizar por isso sintam-se à vontade para partilhar mais exemplos ou experiências!

Tumblr

Seria o carro perfeito para o meu Verão!

AMIZADE | Duas Carolinas

Tinha parte deste texto nos rascunhos há já vários dias mas hoje, depois de ver esta publicação da Starlight, fiquei automaticamente decidida a terminá-lo. Custou um bocado, admito. Tinha demasiadas coisas para dizer e o jeito, ao que parece, não é assim tanto. No entanto, ela merece isto e muito mais por isso dei trezentos mil nós ao meu mini cérebro e surgiu isto: um texto que pode até nem ser nada de especial mas que foi escrito com todo o carinho do universo.

Quem me conhece sabe que o meu número de amigas se conta pelos dedos de uma só mão mas, ao mesmo tempo, também sabe que quando eu digo que a pessoa X faz parte do meu grupo de amigos, é porque é alguém que vale a pena conhecer. Talvez vocês ainda não se tenham apercebido disso mas a verdade é que a Starlight é uma miúda com uma personalidade forte, um nome lindo (ou não fosse ele o mesmo que o meu) e um estilo singular. É daquelas pessoas que entrou na minha vida para não sair mais. Dona de um cabelo encaracolado e de um batom vermelho que faz questão de usar várias vezes, a Starlight tornou-se, nos últimos três anos, uma das poucas meninas que me compreende e que tem um lugarzinho cativo no meu coração. Esta louca (no bom sentido!) pelos Muse ("doença" que vocês também conhecem, ou não estivesse isso relacionado com o seu nome blogoesférico e claro, com o que identifica o seu blogue: STARLIGHT) já faz parte de mim e é daquelas pessoas que apesar da distância (ou dos dias sem nos vermos), continua comigo. 

A amizade verdadeira é mesmo assim: estar lá independentemente da distância ou do número de dias que passam. Quanto a mim, sou uma sortuda por ter pessoas destas na minha vida. São pouquinhas as meninas que conseguem ser assim tão importantes para mim mas a Starlight tem um lugar de destaque reservado. É das poucas raparigas que consegue estar ao nível das relações de cumplicidade que tenho com os rapazes da minha vida e isso é raro por isso sei perfeitamente que ela irá ver esta última frase como um elogio. Sinto um orgulho astronómico por conhecer alguém assim tão espectacular.


Ando tentada a encomendar um lip balm destes. Alguém já experimentou e tem uma opinião formada?

TELEVISÃO | Masterchef USA

Sou uma esquisitinha do pior com a comida mas adoro ver programas de culinária, especialmente quando se tratam de concursos. O Masterchef, por exemplo, transformou-se, nos últimos anos, num autêntico sucesso mundial e já tem um lugarzinho especial no meu coração. Tem como objectivo encontrar o melhor cozinheiro do país mas a verdade é que o programa prima pela divulgação do talento, da técnica e da paixão dos concorrentes.

Já tinham sido emitidas, na Fox Life, as duas primeiras temporadas do programa americano e ontem estreou a terceira que eu fiz questão de ver. Gordon Ramsay, Joe Bastianich e Graham Elliot continuam a ser o trio maravilha que completa a equipa de júris da casa e os concorrentes continuam a ser super engraçados e cheios de potencial (ainda que, no início, haja muitos que carecem de papilas gustativas). O vencedor ganhará 250 mil dólares e poderá lançar o seu próprio livro de cozinha mas a parte gira (para mim, pelo menos) nem é o desafio final. Eu gosto do início. De os ver a estragar tudo e a inventar mil e uma coisas. De os ver a mostrar cada um uma receita distinta e uma técnica diferente.

Segundo a Fox Life, em todas as suas versões, o programa Masterchef "já conseguiu transformar mais de 100 cozinheiros amadores em verdadeiros chefes de cozinha". É um talent show com receitas facilmente adaptáveis aos jantares lá em casa e verdade seja dita: os sermões do Ramsay são sempre cheios de piada! Confesso que o Masterchef Kids era fantástico mas, Masterchef é Masterchef por isso também gosto imenso deste e irei acompanhar a temporada. Obrigada Meo por disponibilizares o sistema de retroceder na programação! Quem gosta de coisas "em tempo real", pode ver os episódios da série de segunda a quinta-feira às 23h.

MasterChef
Zdjęcia użytkownika Młodość Chudość Zajebistość | via Facebook

Uma das coisas que mais gosto em mim é o meu rabo e não vejo mal nenhum em dizê-lo (nem tão pouco percebo o escândalo à volta disso).

CORPO | Creme Hidratante: Mediterranean de Elizabeth Arden

No Inverno sou uma desgraça. Quando chego a casa só tenho vontade de me enfiar numa banheira com água quentinha e quando saio do banho só quero vestir a roupa que deixei no aquecedor, vegetar no sofá rodeada de mantas e ver as minhas séries ou escrever no blogue. Não ligo nada a cremes e os únicos cuidados que tenho durante a época mais fria são referentes ao rosto porque não corro o risco de congelar enquanto tiro a maquilhagem ou coloco creme hidratante. É um erro e por isso no Verão a história é outra. Tento ter mais cuidado e colocar creme hidratante no corpo no fim do banho, por exemplo. Não passo horas a tratar do cabelo e das unhas ou da pele mas cumpro os cuidados mínimos que toda a gente precisa de ter de vez em quando. Aliás, adoro chegar da praia ou da piscina, tomar banho, usar um esfoliante (falar-vos-ei desse produto um dia mais tarde), secar-me e besuntar-me com um creme que cheire mesmo bem.

Este ano, a escolha recaiu sobre este, apesar de ter sido por acidente. Encontrei-o cá por casa ainda por abrir e agora não quero outra coisa. É, neste momento, o meu creme de corpo favorito devido à sua textura fluída, à sua capacidade hidratante que transforma a nossa pele seca em pele de bebé, ao facto de não nos deixar todas pegajosas e, claro, devido ao seu cheirinho maravilhoso. Não faço a mínima ideia do preço nem onde pode ser encontrado por isso se alguém souber, faça o favor de deixar a informação, sim? É que apesar de ser uma embalagem enorme (muito gira por sinal!) e de ser precisa pouca quantidade para todo o corpo (eu disse que a textura era bastante fluída!), não vai durar para sempre e eu gostava de repor o stock. É o meu favorito e tenho pena que muita gente não conheça. Chama-se "Mediterranean", pertence à "Elizabeth Arden" e foi uma óptima descoberta. É, oficialmente, um dos meus produtos de Verão.


O Sr. Presidente irá escrever para vocês sempre no dia 24 de cada mês. Curiosos?

VÍDEO | Superformula to Fight Cancer

Todas as ideias que fazem crianças sorrir devem ser divulgadas. Nada é mais precioso do que o sorriso de uma criança e quando as adversidades são mais do que muitas, esses sorrisos devem ser ainda mais valorizados. Por tudo isto, não podia deixar de partilhar a ideia genial de uma equipa de um Hospital Oncológico no Brasil. O 'Camargo Cancer Center uniu-se à Warner Bros e à JWT para criar a Superfórmula, que é explicada no vídeo que vos deixo em baixo.

Esta é, sem dúvida, uma maneira super criativa de transformar os produtos da quimioterapia numa bolsa de super-poderes que serve para lhes dar força suficiente para derrotarem os vilões que andam a passear em forma de doença pelos seus pequenos corpos. São estas ideias tão simples que fazem a diferença e se até os médicos acreditam que ser positivo e ter força mental e emocional para derrotar a doença é meio caminho andado, porque não ajudar as crianças (que não têm toda a noção do que se passa)? Porque não dar-lhes motivos para acreditarem que é possível livrarem-se do cancro e largar os hospitais? Aplausos para esta equipa!

Coffee Notes | via Tumblr

As bolachinhas da Subway são qualquer coisa de espectacular!

ALIMENTAÇÃO | Folhadinhos de Fão

Quem é do Norte com certeza conhece estas pequenas maravilhas mas quem não é talvez nunca tenha ouvido falar. O que eu posso dizer é que sou uma esquisita do pior com a comida e sou capaz de comer estes folhadinhos num piscar de olhos sem reclamar. Chamam-se Folhadinhos de Fão e, para mim, são sinónimo de Verão e o meu mais recente vício alimentar.

Se não gostam de coisas muito doces, esqueçam porque isto não é para vocês. Agora, se adoram ovos moles e coisas bem docinhas, têm mesmo que provar. São feitos de massa folhada (daí o nome) e isso confere-lhes leveza. Ao contrário dos bolos (que eu normalmente não aprecio), estes doces típicos da região de Fão não nos deixam demasiado cheios. São a combinação perfeita entre a massa folhada, a textura do açúcar colocado em cima e claro, a dose generosa de ovos moles. Há quem misture coco mas eu prefiro assim. Ontem trouxeram-me uma caixa de Folhadinhos e quatro já desapareceram. São um dos meus vícios alimentares deste Verão portanto não fazia sentido não falar neles por aqui, certo? Vão lá provar e agradeçam-me por ter tornado a vossa vida mais completa, sim?

...

Hoje a minha irmã faz 25 anos. Feliz aniversário, Ana!

BLOGOSFERA | Ensino Superior Para Totós

Para quem acabou agora o primeiro ano de faculdade mas ainda não se sente integrado ou para quem vai para o Ensino Superior no próximo mês, o Ensino Superior Para Totós é, sem qualquer dúvida, um espaço que merece acompanhamento. Encontrei-o hoje quando encontrei um comentário da Dummy num outro blogue e a sua imagem de perfil captou a minha atenção.

É um blogue recente (criado no mês passado, como o meu!) pronto para corresponder às necessidades dos futuros caloirinhos. É um espaço de esclarecimento de dúvidas, muita informação sobre tudo o que envolve a vida académica e claro, escrito por uma estudante universitária que se dedica realmente ao blogue, às rubricas, aos leitores e aos conjuntos de publicações que vai criando de forma a abordar mais especificamente alguns temas. Na minha opinião, o Ensino Superior Para Totós é um blogue com conteúdo que deve ser seguido não só pelos estudantes que enviaram as suas candidaturas até ao dia 9 deste mês mas também por aqueles que irão para a faculdade nos próximos anos, visto que o tempo passa num instante e o conhecimento nunca é demais. Li as publicações todas e gostei mesmo do que vi por isso irei continuar a acompanhá-lo até sair da faculdade (ou até a Dummy se fartar de nós). Visitem!


Ensino Superior para Totós


boo ∞ | via Tumblr

Há um ano atrás estava eu a aproveitar o meu último dia na cidade que nunca dorme. Que saudades!

BLOGOSFERA | KissMeQuick

Os blogues que são geridos por mais do que uma pessoa e que mesmo assim funcionam na perfeição fascinam-me. A Carla e a Carina são as rainhas dos editoriais blogoesféricos e o KissMeQuick é um espaço de evolução, amizade, cumplicidade e, acima de tudo, qualidade. Estas meninas do Porto mostram-nos como se constrói um blogue criativo e como se atinge a meta dos mil seguidores da forma mais espontânea possível.

O meu blogue é tão pessoal que acho que perderia o seu interesse se o partilhasse com alguém por isso é engraçado ver como estas duas estudantes de artes conseguem conciliar os seus interesses, a sua disponibilidade e as suas identidades. Quando encontrei o blogue que vos apresento hoje dei por mim a ler publicação atrás de publicação e a parar uns segundos em cada fotografia só para observar todos os detalhes. O KissMeQuick tem projectos fantásticos e vídeos espectaculares mas as sessões fotográficas são, sem sombra de dúvida, o ponto forte deste espaço. Tornam-no único e fazem com que nos percamos sempre num mundo paralelo, misterioso e fantástico. Recomendo!


Os meus pais fazem hoje 26 anos de casados. Adoro!

GOSSIP | Cara Delevingne Abandonará o Mundo da Moda?

Cara Delevingne tem sido o rosto de várias campanhas um pouco por todo o mundo e tem desfilado por várias marcas de renome, desde a Burberry à Victoria's Secret. No entanto, uma doença de pele poderá fazer com que Cara seja forçada a abandonar a sua carreira de modelo nas passerelles das semanas da moda mundiais.

Aquela que é considerada uma das modelos mais promissoras da sua geração sofre de psoríase nervosa, uma doença de pele que é despoletada pelo stress. No seu caso, os causadores da evolução da doença são os grandes eventos de moda onde é protagonista e o stress pré-desfile é a causa das suas crises. A modelo de 21 anos conta até que em Fevereiro, durante a Semana da Moda de Milão, teve uma crise e ficou com as pernas cheias de manchas vermelhas escamativas (características da doença) e teve que ser pintada para poder desfilar pela marca em questão.

Segundo um artigo da revista Lux, "Cara disse ao Daily Mail que Kate Moss tinha sido um grande apoio e que a tinha incentivado a procurar ajuda médica". "Quero fazer qualquer coisa que não faça a minha pele entrar em erupção", disse a modelo na entrevista ao jornal americano. Delevingne deixou bem claro que, mesmo que tenha que deixar o mundo dos desfiles (visto que as erupções param quando não está sob o stress dos bastidores), fará planos de carreira que não prejudicarão a sua pele lançando alguns exemplos como a representação e a música. A saúde vem primeiro.

Untitled

Estou à espera do próximo dia de praia!

TELEVISÃO | Adeus Cristina Yang

Sandra Oh, a actriz que interpreta desde 2005 a personagem de Cristina Yang em Grey's Anatomy (ou Anatomia de Grey, em português), decidiu abandonar a série criada por Shonda Rimes. A veterana da história de hospitais revelou a sua decisão numa entrevista ao Hollywood Reporter e confirmou aquilo que já era esperado há algum tempo.

Sandra diz na entrevista que "é uma coisa interessante interpretar um personagem por tanto tempo" mas acrescenta que "Cristina quer partir" e que está "pronta para deixá-la ir". A actriz canadiana diz que a equipa tem "que começar o processo criativo em termos de história para que os seguidores de Grey’s Anatomy pensem no motivo desta saída". Shonda deixou bem claro que Cristina Yang, a melhor amiga de Meredith Grey, "terá um final à altura da sua importância" mas não revelou mais nenhuma informação. Apenas disse que "este ano será agridoce", que vão "saborear cada momento de Cristina Yang" e que lhe vão "dar a saída que ela merece" mas também aguçou a curiosidade dos fãs ao dizer que "quando Sandra sair pela porta, Grey’s Anatomy ficará mudada para sempre”.

Para além do de Sandra, os contractos de Ellen Pompeo (Meredith Grey), Patrick Dempsey (Derek Shepherd), Justin Chambers (Alex Karev), Chandra Wilson (Miranda Baley) e de James Pickens (Richard Webber) também vencem em breve portanto todos estes actores terão de decidir se continuam ou não a desenvolver o seu trabalho na série. Ainda não está garantida uma 11ª temporada mas se Grey's Anatomy continuar por vários anos podemos vir a assistir a uma total renovação do elenco no fim dos episódios do décimo ano. Por agora, está apenas confirmada a saída de Sandra Oh e a promessa de que Cristina Yang, uma personagem de personalidade forte, sairá em grande.

(3) greys anatomy | Tumblr

8 Minutes of the Earth’s Rotation
How I wish our planet’s movement was this apparent while staring at the night sky. It could probably make a lot more people realize just how tiny we are compared to this vast unexplored galaxy above our heads.
This is a stack of 70 pictures with a 5 second exposure each at ISO 3200 and f/2.2.
Photographed by: Paolo Nacpil

Nas noites de Verão adoro deitar-me na espreguiçadeira e ficar no jardim e olhar para as estrelas.

GUARDA-ROUPA | Sandálias Cor-de-Rosa

Comprei-as no Verão do ano passado em Nova Iorque e usei-as várias vezes na altura mas este ano tem sido completamente diferente. Acho que posso dizer que são a minha obsessão do momento e penso que não há ninguém que diga que não são a minha cara.

Estas sandálias da marca Steve Madden são, sem qualquer dúvida, um dos meus vícios nesta estação. Para além de serem de uma cor absolutamente maravilhosa, um tom de rosa néon muito vivo e alegre (à qual imagem não faz jus), têm o detalhe da fivela e das tachas que, na minha opinião, as tornam diferentes das sandálias mais comuns que vemos em todo o lado. Têm o formato perfeito para os meus pés de bailarina e ficam bem com quase tudo para além de que são de boa qualidade, uma das virtudes desta marca. Visto que as comprei por 34$ (o que equivale mais ou menos a 25€ neste momento) foram uma excelente aquisição. Acho que vou continuar a usá-las vezes e vezes sem conta.


As fotografias não captam a cor real das sandálias mas se quiserem ver uma cor aproximada, podem vê-la aqui.

Depois de um dia de piscina, nada melhor que tomar um banhinho e besuntar-me com creme hidratante.

EVENTO | Vogue Fashion's Night Out

Este evento foi criado em 2009 "como forma de promover as vendas de produtos de moda e beleza por todo o mundo" mas serve também para "aproximar os consumidores e as marcas". Até agora, a grande iniciativa criada pela Vogue e conhecida como Vogue Fashion's Night Out tem sido um enorme sucesso e já alcançou dezanove cidades.

Por cá, será no próximo dia 12 de Setembro que, pela quarta vez consecutiva, a capital lusitana voltará a abraçar este evento que surgiu como forma de fazer face à crise. O Chiado, a Avenida da Liberdade, o Príncipe Real e a Rua Castilho constituem "o circuito da Vogue Fashion's Night Out" e, nesses locais, mais de 180 lojas estarão abertas até à meia-noite. Música, descontos, produtos criados especialmente para esta data, muitas surpresas, cocktails e gente gira prometem transformar as ruas de Lisboa numa grande festa ao ar livre.

O guia VFNO está disponível em todas as lojas participantes e é gratuito. Nele consta a lista das lojas confirmadas, a sua localização e as acções que tencionam realizar durante todo o evento. Como sempre, há ainda um lado mais solidário que a Vogue gosta de manter. Desta vez é através da venda dos Blocos de Notas VFNO, que custam 3 euros cada um nas lojas participantes. O dinheiro reverte inteiramente a favor da Refood, uma iniciativa que tem como objectivo "dar um destino nobre aos alimentos em boas condições que sobram nos restaurantes".


Ainda não é desta que vou andar pela capital mas espero ver muitas fotografias nos vossos blogues!

Já me mentalizei que este ano não vou ter férias a sério de puro descanso. Estou sempre preocupada com alguma coisa.

FAMÍLIA | Fotografias e Slides

No início desta semana estive a ver o álbum de casamento dos meus pais. A minha mãe tirou-o há uns dias do armário onde costuma estar guardado e eu aproveitei para ver as fotografias uma por uma. Não resisti a esboçar um sorriso (e uma ou duas gargalhadas) quando me deparei com os penteados e as roupas dos convidados e confesso que me deu algum gozo ver como os meus primos mais velhos cresceram, engordaram, emagreceram e/ou envelheceram. Gostei de ver a transformação dos meus tios e dos meus avós comparando a actualidade com as fotografias tiradas há anos atrás. Uns estão iguais. Exactamente na mesma. Outros tiraram o bigode e ganharam cabelos brancos. Outros tiveram três ou quatro filhos depois dessa data mas parece que os anos nem passaram por eles. Uns estão mais altos. Outros estão completamente distintos. É engraçado ver a diferença na quantidade de familiares que eu teria se tivesse nascido há vinte seis anos mas mais engraçado ainda é ver que a cumplicidade está na mesma. Aqueles sorrisos são iguais e os gestos e "tiques" continuam lá e são, ainda hoje, uma marca da personalidade de cada membro da família.

A verdade é que ter as fotografias num formato físico é muito melhor mas agora raras são as fotografias que são impressas. Eu tenho uma câmara lomográfica que me obriga a usar rolos e a revelá-las mas nem sempre é prático ter que o fazer e não é propriamente acessível ter que comprar rolos de 12 ou 24 cliques quando podemos investir numa máquina digital e tirar seiscentas (ou mais) fotografias de uma vez sem ter que pagar mais por isso. É pena. Congelar momentos e ter fotografias palpáveis num álbum ou numa caixa (como faço questão de ter algumas, com o meu namorado) dá-nos um melhor acesso a elas. Faz com que possamos recordar com facilidade os momentos vividos naquela altura e tenho pena que alguns hábitos tenham vindo a ser perdidos com o passar dos anos e com o avanço tecnológico. Problemas de software, por exemplo, poderão fazer com que percamos tudo o que temos para recordar alguém. Um erro na gravação e aquilo que permite que a memória não nos falhe pode ser destruído.

Esta semana vi o álbum de casamento dos meus pais, vi os slides da lua-de-mel deles, de mais ocasiões e de algumas das viagens que o meu pai fez até aos anos 90 (isto eram slides, pequeninas "fotografias" que, quando são colocadas em frente a uma lâmpada podem ser vistas a cores com facilidade e podem ser projectadas na parede!) e ajudei o meu pai a digitalizá-los. Assim ficamos com as duas versões: a digital e a "palpável". Foi engraçado ver a evolução dos estilos e das pessoas. Gostei de comprovar, uma vez mais, que a moda é rotativa. Aliás, eu ando a usar peças que a minha mãe usava naquela altura. E uma das minhas blusas favoritas (curtinha e super versátil!) foi uma das escolhas dela quando preparou a mala para a lua-de-mel, há vinte e seis anos atrás. Adoro ver essas coisas.

Pic By @caitbarkerr {instagram}

Ao contrário da maioria das pessoas, eu nunca tive um destes.

BLOGOSFERA | Terrible Rosie

Este é um blogue que acompanho desde o início. Já foi cor-de-rosa e agora está verde mas continua a ser um local de passagem sempre que as novidades aparecem na minha Lista de Leitura. O Terrible Rosie é um blogue com bons textos e boas rubricas. É um blogue com conteúdo, com boas críticas a vários filmes, boas dicas sobre algumas séries, playlists que nos dão a conhecer novas sonoridades e claro, uma grande dose de inspiração. Na minha opinião, não é um blogue comum. Acho que a Rosie consegue dar um twist às rubricas que não são exclusivas do Terrible Rosie e penso que nos consegue cativar com as suas palavras fazendo-nos ler as publicações sem sequer darmos conta disso.

Na verdade, o Terrible Rosie não tem o título adequado. A Rosie é exactamente o oposto de "terrível". É doce, simpática e preocupada com aquilo que escreve e com os seus seguidores. Não faz publicações só por fazer e isso é o mais importante. Não escreve um texto "às três pancadas" só para manter o blogue actualizado e isso é óptimo! É cuidada, tem bom gosto e escreve porque gosta de o fazer. Merece uma visita.


Já visitei estas três cidades mas voltava a qualquer uma delas agora se tivesse oportunidade.

EVENTO | Victoria's Secret Fashion Show

Há alguns anos que não falho um e acreditem: os desfiles da Victoria's Secret são muito mais do que desfiles. É tudo pensado ao pormenor e isso nota-se no grau de qualidade que nos é apresentado. São espectáculos que resultam sempre e é isso que me faz segui-los. Adoro roupa e adoro moda mas a verdade é que os desfiles não são a parte que mais gosto. Os únicos que sigo religiosamente são estes. São os únicos que captam a minha atenção ano após ano, fotografia após fotografia, segundo após segundo. Música ao vivo, roupas magníficas, temas absolutamente espectaculares e uma equipa fabulosa fazem dos desfiles da Victoria's Secret os meus favoritos.

Não é por acaso que a marca se orgulha de ter as melhores modelos do mundo a colaborar para o mesmo fim e não é por acaso que chegar a este nível é um sonho para muitas meninas. Nomes como Heidi Klum, Tyra Banks, Gisele Bündchen, Alessandra Ambrósio, Miranda Kerr e Adriana Lima fazem parte deste mundo e foram elas que captaram a minha atenção. Sim, as modelos. Elas, que desfilam de uma forma absolutamente incrível, como se pisar aquela passerelle fosse a coisa mais divertida do universo. A Victoria's Secret é diferente e é isso que cativa a maioria das pessoas que, assim como eu, são apaixonadas pela marca. 

Apesar de todos os seus atributos, as modelos não são assim tão diferentes de nós. São lindas de morrer, é um facto, mas conseguimos perceber que são mulheres reais e que não passam fome durante dias e que não são esqueletos andantes. São jovens, giras e absolutamente perfeitas - basta que olhemos para a Candice para comprovarmos isto - mas têm uma beleza natural que me faz invejá-las duma forma positiva. Sabem o que estão a fazer, sabem conversar com os jornalistas da forma mais correcta possível - mesmo nos momentos de maior nervosismo - e, para além disso, amam genuinamente o que fazem. As asas que usam naquele corredor são fantásticas mas a verdade é que são elas que dão vida ao desfile e o tornam num verdadeiro espectáculo anual. O meu maior sonho (e provavelmente o mais utópico) é assistir a um desfile destes, em Nova Iorque. Não sei se terei essa oportunidade um dia (provavelmente não) mas, por enquanto, fico-me pelos vídeos e pelas compras que fiz em duas das lojas da marca.

▲ | via Facebook

Mais um mês de férias. Será que Agosto me vai levar à praia mais vezes?