Thirteen

SOFTWARE | Boonzi

Não conhecia o Boonzi até ter sido contactada pela Catarina mas este convite não podia ter chegado em melhor altura. O Boonzi é um programa de gestão financeira que nos ajuda a controlar melhor os nossos gastos e que promete ser um amigo precioso na hora de definir orçamentos.

Assim como muitos de vocês, eu sou estudante universitária e não tenho rendimentos fixos portanto é importante que eu controle os meus gastos e que tenha a perfeita noção de que o dinheiro não cai do céu e que se gasta muito mais rapidamente do que se ganha. Quem anda na universidade (e especialmente quem está noutra cidade académica por sua conta e risco) sabe perfeitamente que o orçamento é reduzido e que deve ser bem empregue de forma a obter maior proveito dele. Mas como controlar?

Aqui está a resposta. Com o Boonzi é muito mais fácil saber quanto dinheiro temos, quanto dinheiro podemos gastar e quanto dinheiro conseguimos poupar. É um programa que dá imenso jeito a quem gosta das facilidades de ter tudo informatizado (com a segurança da palavra-passe) e que não gosta de se limitar à folhinha de Excel (como eu). Pessoalmente, com este software, passei a ter uma visão mais clara do meu património e admito que tem sido uma grande ajuda em termos de controlo de gastos. Ao longo dos últimos dois meses tirei conclusões reais sobre a minha vida financeira e consegui ter uma noção mais fidedigna das minhas despesas. O resultado? Defini metas e orçamentos que tenho conseguido cumprir e consegui finalmente poupar o valor que me faltava para adquirir, finalmente, a minha Canon 600D (yay!!).

Se quiserem saber exactamente como funciona o Boonzi, recomendo não só o website da marca que está muito bem construído mas também esta publicação da Ana Garcês que tem um passo-a-passo super detalhado sobre o programa. O Boonzi não é gratuito mas pode ser experimentado durante um mês pelo possível utilizador que, deste modo, poderá ter uma ideia mais aprofundada relativamente ao gestor financeiro de que vos falo hoje sem qualquer compromisso! Penso que, apesar de depois disso ser um produto pago, é um investimento que compensa na medida em que nos ajuda a poupar (tornei-me muito mais consciente quando vi o dinheiro a reduzir no ecrã e agora penso sempre dez vezes antes de comprar seja o que for!). O Boonzi custa 39,90€ mas a sua licença é vitalícia e pode ser utilizada em três computadores distintos sem caducar, o que significa que pode ser utilizado pela família toda sem gastos extra. Com um bónus: este software é português.



Publicação escrita em parceria com o Boonzi.

7 comentários:

  1. o programa parece-me interessante e estava completamente a fim de o experimentar até dizeres que não era gratuito. é um bocadinho irónico esse programa, supostamente, ajudar-nos nas nossas finanças e termos que pagar para usá-lo. como disseste, nós estudantes, e principalmente quem está fora, sabemos bem o que custa o dinheiro que nos dão os nossos pais, por isso, muito mais facilmente, vamos usar o excel, que é o que eu faço, e fazer uma tabelinha. eu sei que a 'culpa' não é tua, não foste tu que criaste o programa, quis só deixar a minha opinião :)

    ResponderEliminar
  2. Margot, a culpa da aplicação ter um preço também não é nossa :)

    Somos 6 bocas para alimentar, às quais acrescem servidores, licenças, e afins. Se não fossêmos remunerados pelo nosso trabalho, nunca poderíamos ter construído o Boonzi nem continuar a evoluí-lo :)

    Não deixes de experimentar a demonstração, pelos 30 dias. Se gostares do que viste, envia email para o suporte a dizer que és universitária que arranja-se um descontozinho :)

    João Saleiro
    Product Manager

    ResponderEliminar
  3. A ideia parece fantástica, o unico senão é mesmo ser tão caro. É um investimento, é certo porque depois ficamos com a conta para "sempre" mas ainda assim acho caro.

    ResponderEliminar
  4. O Boonzi é o melhor amigo da minha vida financeira! Acho muito útil e desde que o descobri nunca mais larguei. Faz-me muito jeito :)

    ResponderEliminar
  5. O problema na área de informática é que as pessoas estão sempre à espera que seja tudo gratúito e claramente não tem a noção do custo de desenvolvimento das aplicações. Sem dúvida que umas são melhores que outras, mas houve sempre alguém a dedicar tempo ao mesmo. Pergunto-me se as pessoas que acham este software muito caro, se no dia a dia também trabalham de forma gratúita.

    Já agora,a autora não disse que em 2 meses conseguiu o restante dinheiro para finalmente comprar a sua Canon600D? Talvez os 30 dias de demonstração poupando com o Boonzi chegam perfeitamente para poupar o suficiente para pagar a licença vitalícia.

    ResponderEliminar
  6. João Saleiro, tem toda a razão! estava apenas a expressar a minha opinião, não querendo com esta desvalorizar o vosso trabalho. eu não percebo muito de tecnologias, mas imagino o quão trabalhoso deve ser. peço desculpa se interpretaram mal o meu comentário.
    muito obrigada, vou pensar, e já agora parabéns, porque, de facto, a ideia é interessante e muito útil :)
    Carolina, desculpa ter feito um "chat" aqui :p

    ResponderEliminar