Thirteen

TEMPO DE ANTENA | O Medo de Viver

"Durante praticamente toda a minha vida tive receio de tudo e mais alguma coisa. Receio de ser aquilo que queria ser, com medo de ser criticado. Receio de dar a minha opinião, simplesmente porque era diferente das restantes à minha volta. Receio de mostrar o quanto gostava de algo, só pela maioria não pensar da mesma forma. Nunca tentei ser alguém para agradar fosse quem fosse, mas admito que nunca fui eu por completo. Nunca fui alguém com atitude, determinação ou auto­estima em alta. Mas sempre tive muitos sonhos e sempre desejei, um dia, conseguir ultrapassar todos os meus medos. 

A verdade é que nos últimos anos sinto que cresci. Cresci enquanto pessoa e consegui, aos poucos, tornar­-me naquilo que sempre desejei ser. As mudanças bruscas e, por vezes, terríveis na minha vida fizeram­-me ver o mundo de outra forma e fizeram também com que abrisse a minha mente e me focasse no que realmente era importante para mim. E é por isso que concordo quando dizem que, por vezes, o melhor mesmo é cometer erros! Aprendemos e crescemos com eles e isso é o melhor que pode acontecer nas nossas vidas. Principalmente quando esta não atravessa uma fase boa ou quando não estamos completamente cientes de quem somos ou do que fazemos neste mundo. 

Sou da opinião de que todos nós temos algo. Todos nós somos especias de alguma maneira e todos deveríamos ter a oportunidade de saber ao certo o que nos vai na alma. Eu, aos poucos, descobri­-me. Aos poucos, percebi­-me a mim mesmo. Aos poucos, tornei­-me naquilo que sempre desejei. E saber que hoje vivo sem medo do que as pessoas possam dizer; saber que os olhares matadores de (des)conhecidos não me vão afetar; ou ter a certeza que o que faço só a mim me diz respeito é só das melhores sensações do mundo. Porque cada um tem de ser aquilo que deseja. Cada um tem de viver os seus próprios sonhos e seguir o seu próprio caminho. Não importa o que os outros possam pensar. Não importa que erros foram cometidos e o melhor é deixar o passado para trás. Aprendi que tudo acontece por uma razão. E tudo é uma nova razão para viver. Para sorrir. Para sonhar. Para não desistir. Porque só assim a vida faz sentido!"

tornqvistm

10 comentários:

  1. Podes me contactar através deste email: happydaysblogue@gmail.com

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  2. Ainda não cheguei à fase em que o Jota está mas desejo muito fazê-lo!! Gostei deste texto :)

    ResponderEliminar
  3. Adorei o texto e fiquei feliz pelo Jota por se ter conseguido descobrir e ser quem é :)

    ResponderEliminar
  4. Eu sinto que ainda há muito em mim que eu própria tenho que descobrir para mais tarde dar a conhecer aos outros, mas mesmo assim identifiquei-me muito com o texto do Jota e não podia concordar mais com ele. Está de parabéns tanto pelo texto, como por aquilo que cresceu em tão pouco tempo :)

    ResponderEliminar
  5. Gostei muito da visão do Jota sobre a sua pessoa. É bom termos consciência de quem somos e daquilo que temos para dar ao mundo. :)

    ResponderEliminar
  6. R: Obrigada. Ganham mesmo outro sabor e por mais estranho que possa parecer sou capaz de comer farturas ao pequeno almoço :)

    ResponderEliminar
  7. R: não sei que tipo de séries vês ou até se vês alguma. Quanto a TVD posso dizer-te que a história de que se fala sobre dois irmãos a lutarem pela mesma rapariga resume 10% da série. Por muito que ouças falar sobre ela ou até pesquises sobre a história nunca vais realmente perceber o seu conteúdo sem a veres e isso aplica-se em qualquer série ou filme. Não sei se me estou a explicar bem x) De qualquer maneira, cada episódio dura 40 minutos. Não perdes muito tempo a ver os primeiros e sempre podes ter a tua opinião :) se toda a gente te fala nela, é porque não é assim tão má eheh beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Recentemente fiquei surpreendida com o tipo de pessoa que começou a ver a série e gostou, por isso fiquei com a ideia de que é um bocado o estilo de toda a gente ahah Mas sendo como dizes, não quero insistir. Se alguma vez perderes a cabeça e vires algum episódio, não te esqueças de mostrar o feedback :)

    ResponderEliminar
  9. Les mascotes ens fan companyia i fan sortir el millor de nosaltres mateixos. Són les protagonistes. L'avorriment, el nostre gran enemic, es mitiga amb la companyia d'una mascota. És una font contínua d'entreteniment. i aquesta setmana el bloc també ho serà. També trobareu una proposta molt dolça en l'apartat de Restaurants curiosos. Ah! i una recepta canina. Us espero elracódeldetall.blogspot.com

    ResponderEliminar