VÍDEO | Always #TipoMenina

Quantas vezes é que nós, mulheres, ouvimos a expressão "correr como uma menina"? E quantas vezes é que acrescentamos "como uma menina" no fim de um verbo para lhe atribuir um sentido menos positivo? Eu já o fiz, confesso. Não usei a expressão em causa como se se tratasse dum insulto absolutamente terrível mas já a usei com o objectivo de fazer a outra pessoa imaginar feminilidade no movimento. Fi-lo sem sequer dar conta disso, é certo, mas fi-lo como (quase) toda a gente.

Eu própria, menina e mulher, por vezes lanço um "pareces uma menina" e ouço uns quantos "que menina" em tom depreciativo como referência a faltas de coragem ou atenção exagerada aos pormenores. E uso e ouço este tipo de expressões sem me sentir insultada e sem o objectivo de insultar alguém mas... será que estas palavras não são, efectivamente, insultos? Ou melhor, quando é que "fazer algo como uma menina" se tornou um insulto? Quando é que deixou de significar "fazer algo incrivelmente genial e fantástico"? Sim, eu corro, danço, como, chuto e escrevo como uma menina porque... guess what? EU SOU UMA MENINA e vou fazer tudo como uma menina porque não consigo fazer xixi em pé. Eu gosto de ser uma menina e este vídeo é uma excelente chamada de atenção:

15 comentários:

  1. Este post coloca-nos mesmo a pensar e a refletir

    ResponderEliminar
  2. Não conhecia este vídeo mas é simplesmente inspirador!

    ResponderEliminar
  3. Normalmente respondo "MAS EU SOU UMA MENINA" qd me mandam essas "bocas". Video muito bem conseguido.

    ResponderEliminar
  4. Gostei muito do vídeo é muito inspirador :)

    ResponderEliminar
  5. Já tinha visto este video e achei simplesmente divinal! Um excelente vídeo que pode transmitir mais confiança a "meninas" que não a tenham e que sejam vitimas destes comentários por vezes maldosos....

    Beijinhos *
    http://girldreams.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  6. Eu também uso essa expressão e, sinceramente, nunca tinha pensado sobre isso. Gostei imenso do video e do teu texto :)

    ResponderEliminar
  7. Gostei muito do vídeo. Pessoalmente nunca me senti afectada quando dizem "como uma menina", sempre respondi "e não é isso que eu sou?".

    ResponderEliminar
  8. Adorei! E este vídeo tem tanto de verdade! Obrigada por o partilhares connosco :)

    ResponderEliminar
  9. Adorei o video, muito bem feito e com uma mensagem importante.

    ResponderEliminar
  10. O vídeo tem realmente uma mensagem muito forte!

    ResponderEliminar
  11. Isto deixa-nos a pensar... sobre o que já nos disseram e o que ja dissemos. É triste quando algo tão banal se torna depreciativo e humilhante logo nós que acreditamos que ser mulher não é ser menos.

    ResponderEliminar
  12. este post fez-me ver esta expressão com outros olhos... e deu-me vontade de reforçar a minha feminilidade perante a sociedade como algo positivo e algo de que devo ter orgulho... OBRIGADA !

    XOXO

    http://the-flashy-one.blogspot.pt/

    ResponderEliminar