TEMPO DE ANTENA | Estarei a Aproveitar Bem a Vida?

"Há alturas na vida que me pergunto se estou a aproveitar a vida como deve ser. Mas, antes disso, pergunto-me o que é aproveitar a vida como deve ser. Alguns defendem que deve ser passada com os nossos, viajar, conhecer novas pessoas, viver aventuras, ser feliz, fazer o que gostamos. Alguns até defendem que se trabalharmos também estamos a aproveitar a vida. E estamos mas depende do ponto de vista. 

Pergunto-me cada vez mais o que ando o que devo fazer com a minha vida. Pergunto- me cada vez mais como a devo aproveitar. Pergunto-me cada vez mais porque tenho consciência de que há imensas pessoas que rondam a minha idade que têm morrido. Ou porque tiveram cancro, ou porque estavam com uma depressão profunda, ou porque tiveram um acidente de carro ou mota. Enfim, são tantas as histórias que tenho ouvido e isso faz-me perguntar tudo sobre a vida. Quem me garante a mim que daqui a uns dias não descubro que tenho uma doença? Quem me garante a mim que daqui a uns dias não tenho um acidente? 

Às vezes só me dá vontade de largar tudo e fazer aquilo que mais quero: viajar. Há uns dias falei com a minha mãe sobre isso. Falei com ela sobre o meu desejo ou vontade de fazer um Gap Year. Aproveitar a vida de acordo com o meu ponto de vista. Mas depois, surgem as questões de “E vais viver do quê? Tens que juntar algum dinheiro primeiro.” Ou isso ou espero que me calhe o euromilhões, não é? 

Já a minha mãe diz com toda a razão que “esta vida é um engano”. Ela também tem sonhos e muitos deles são parecidos com os meus. Mas de que servem os sonhos se mesmo que ela se mate a trabalhar não consegue juntar dinheiro nem para ir passear a Lisboa? 

Admiro as pessoas que têm capacidade, tempo e disponibilidade de fazer muitas coisas que eu gostava que, um dia, poder fazer. Tenho-me mentalizado de, para conhecer o mundo como quero, tenho que trabalhar primeiro. Trabalhar muito. Mas isso não me assusta. Assusta-me é estar a trabalhar muito e a preparar uma grande viagem quando, de repente, me sinto mal e tenho de deixar a minha grande viagem para outra altura ou até nunca. 

Apesar de tudo, acordo todos os dias a acreditar que “hoje será melhor” e tento aproveitar a vida agora conforme posso. Coloco os cd’s no meu leitor de dvd’s, meto no volume 30 de 40 e ouço música. Ouço, canto e danço. Faço o meu próprio concerto. Faço exercício físico em casa e, às vezes, vou passear pelas redondezas para apanhar ar. Às vezes até como coisas que são ótimas mas fazem tão mal como um belo bife com batatas fritas, ovo estrelado, salsichas e arroz. Aos Domingos, costumo comer uma fatia de bolo comprada no café e como enquanto bebo o belo do meu chá. Aproveito cada momento em que posso estar com o meu namorado porque ninguém me garante que estaremos juntos para sempre. Viajo virtualmente. Quando dou conta, estou há horas em frente ao computador a conhecer destinos, ver hotéis e respetivos preços, e outras coisas que tais. 

Oh, faço tanta coisa durante um dia que, se pensar bem, estou a aproveitar a vida o melhor que consigo neste momento. Não podemos pedir algo se sabemos que estamos condicionados seja pelo que for. Mas isso muda, muda (quase) sempre. Mais tarde ou mais cedo isso muda. Mas, espero eu e esperam vocês porque vocês também têm os vossos sonhos e objetivos, que não seja tarde demais. É esse o maior medo. É que um dia seja tarde demais. 

O segredo é sonhar. O segredo é não pensar que um dia pode ser tarde demais. O segredo é planear com o que queremos fazer. O segredo é idealizar o nosso dia bem aproveitado. O segredo é acima de tudo, procurar ser feliz."


Cátia, Carpe Vita.

3 comentários:

  1. Sem dúvida. Tenta ser um bocadinho mais feliz todos os dias. Sinto que um dia valeu a pena quando fiz alguém sorrir, mais nada.

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito do que escreves-te! Vais ver que cada dia passa a correr melhor quando menos esperares :))
    r: espero mesmo que fiques bem querida!

    beijinhoo :*

    ResponderEliminar
  3. Que texto tão bonito e genuíno! (:
    Beijinho*

    ResponderEliminar