Thirteen

CINEMA | The Imitation Game [2014]

Fico fascinada e curiosa com os filmes que retratam a Segunda Guerra Mundial e por isso não podia deixar de ver aquele que expõe o matemático brilhante Alan Turing durante a época de Hitler e o terror alemão sentido em toda a Europa. Em resumo, "The Imitation Game" é um filme clássico da Era Moderna, passado em Inglaterra e baseado numa personagem histórica real e factos verídicos.

Apesar de todas as críticas sociais que são tradicionalmente apontadas em filmes biográficos da época nazi - a discriminação entre géneros, o casamento obrigatório, o trabalho, a homossexualidade, a pobreza, a fome, a espionagem - o filme é construído à volta do brilhantismo de Turing e ainda que por vezes sejamos forçados a deixar-nos levar pela sua faceta de incompreendido e de vítima, esta peça não deixa de ser uma homenagem ao homem que deu os primeiros passos para a utilização de computadores. Baseia-se num argumento relativamente simples e surge na época mais previsível (porque Alan Turing foi perdoado oficialmente pela sua homossexualidade em 2013) mas é uma obra cinematográfica muito bem estruturada e justamente nomeada para os Prémios da Academia. "The Imitation Game" pode ser o típico filme biográfico/histórico inglês - um pouco na onda de "The King's Speech" - mas é uma história de determinação, de génios e de expectativas superadas.

Realizado pelo norueguês Morten Tyldum, "The Imitation Game" é um filme feito para o público em geral - não exige conhecimentos prévios e não faz referências a situações ou atitudes muito técnicas. A analepse, a criptografia, o brilhantismo em detrimento da normalidade, os actores fabulosos (destaque para a postura séria e acanhada de Benedict Cumberbatch e para a posição determinada de Keira Knightley em representação das mulheres da época da desigualdade), a desconfiança, a amizade, o desenvolvimento das capacidades sociais dum génio que sempre se refugiou no que é lógico, a narração, a fotografia pensada ao pormenor e os sentimentos à flor da pele tornam-no único. Gostei.

15 comentários:

  1. Desde que soube que este filme ia sair que quero vê-lo. Adoro de coração este tipo de filmes.

    ResponderEliminar
  2. Parece interessante, vai direitinho para a watch list!

    ResponderEliminar
  3. O meu namorado viu e gostou muito. Tenho de seguir o vosso exemplo.
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  4. tenho que o ver... deve ser interessante

    ResponderEliminar
  5. R: É o que faz ver este filme e Anatomia de Grey a seguir (Alex). Obrigada pela chamada de atenção :b

    ResponderEliminar
  6. Ainda não vi...
    http://na-aura-de-uma-forasteira.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Já tinha ouvido falar e considero um bom filme!

    ResponderEliminar