Thirteen

DESAFIO | Deixa as Palavras Voarem: Futuro

Há quem tenha em mente um casamento enorme, uma grande festa, um doutoramento, uma viagem à volta do mundo, filhos e um trabalho ideal. Há quem tenha objectivos para daqui a um ano, para daqui a cinco ou até para daqui a dez. "E tu, Carolina? Onde te vês daqui a 10 anos?".

Não faço ideia. Sempre vivi intensamente o presente e sempre achei que olhava para a vida da forma mais correcta. No entanto, aquando a entrada na Faculdade, percebi que se calhar não era bem assim. Que os meus objectivos a curto prazo tinham, inevitavelmente, de ser substituídos por outros mais longínquos. E ainda não consegui sequer escrevê-los. Continuo a não saber onde vou estar daqui a dez anos. Ou daqui a dois. Ou onde vou querer estar daqui a dez anos. Ou daqui a dois.

O futuro assusta-me. O desconhecido assusta-me. O falhanço assusta-me. E sendo eu uma pessoa extremamente racional sempre tive dificuldade em fazer planos que contrariassem as minhas certezas momentâneas. Gosto de ter os pés bem assentes na Terra. Gosto de ter estratégias e planos extra para os meus falhanços. Gosto de conhecer bem o meu caminho, de aproveitar as oportunidades à medida que elas vão aparecendo e de preparar estradas para as opções que poderei querer um dia. Mas continuo sem saber o que vou querer. Planear o meu futuro de forma tão intensa é o oposto daquilo em que baseio as minhas experiências. A incerteza assusta-me e o presente parece-me sempre melhor.

Tumblr

[esta publicação está inserida no desafio "Deixa as Palavras Voarem" da Adelisa M.]

6 comentários:

  1. Eu percebo-te e acho que tens uma grande mentalidade por pensares assim e por não andares muito na Lua. Mas podemos sempre sonhar e querer ser isto ou aquilo e melhorar aquele e o outro. Eu gosto de imaginar onde estarei daqui a dez anos, talvez sofra uma grande desilusão, mas gosto de fazê-lo :)

    ResponderEliminar
  2. Hoje perguntaram-me, numa aula, onde me imaginava daqui a 3 e daqui a 10 anos. Na verdade, eu sei onde gostava de estar daqui a 3 e daqui a 10 anos mas sou como tu quando dizes que "O futuro assusta-me. O desconhecido assusta-me. O falhanço assusta-me." e, por isso, os sonhos que tenho para o futuro também me assustam porque tenho medo do que acontece se os realizar e do que acontece se não os realizar...enfim, o que tiver de ser será :)

    ResponderEliminar
  3. Sim, não tens que colocar a imagem do desafio. Gostei muito da tua participação. Obrigada. Custou muito? Ahahahaha

    ResponderEliminar
  4. Tal como tu, também não faço ideia daquilo que vou estar a fazer daqui a uns anos, ou o que pretendo a nível profissional. E claro que isso assusta..

    ResponderEliminar
  5. Sinto-me exactamente como tu e se por vezes acho que é algo que me permite aproveitar mais o presente, também existem outras alturas em que me assusta.

    ResponderEliminar