Thirteen

LONDRES, INGLATERRA | Porto (OPO) - Londres (STN) - Porto (OPO)

Escolhemos viajar em Fevereiro e através da Ryanair por causa dos preços fabulosos e irresistíveis que conseguimos encontrar nesta época. Há quem ache impossível viajar de avião (sobretudo em companhias aéreas de baixo-custo) sem dramas ou complicações mas eu nunca tive problemas, nunca precisei de vestir onze camisolas e sete pares de calças para não ultrapassar os limites de bagagem e nunca corri sequer o risco de deixar os meus perfumes, cremes e produtos de maquilhagem ou de higiene com um segurança sortudo. O truque? Andar atenta aos termos e condições da empresa e às alterações nos regulamentos dos aeroportos. Simples. 

Check-in Online? Check! Para não perdermos tempo no aeroporto (uma vez que os nossos voos eram às 06h30 e às 09h25) - e para não sermos obrigados a estar no Porto com duas horas de antecedência - fizemos o check-in online (tanto para ir como para regressar) assim que a Ryanair permitiu. Ficámos com menos uma preocupação na nossa lista e como fizemos o registo com sete dias de antecedência conseguimos assegurar dois lugares juntos no avião sem pagarmos mais por isso. A parte engraçada? Os lugares aleatórios que o sistema nos atribuiu foram exactamente os mesmos em ambos os voos.

Malas de cabine com as dimensões adequadas? Check! Como os preços de transporte das malas de porão são um abuso e como a nossa viagem não duraria mais de uma semana, não considerámos sequer a hipótese de levar uma mala diferente e pagar mais por isso. A mala de viagem propriamente dita e a mala de senhora (no meu caso) ou a mochila (no caso dele) pareceram-nos suficientes. Se a viagem fosse mais longa ou se quiséssemos transportar mais coisas, provavelmente não viajaríamos com a Ryanair mas sim com uma companhia aérea "normal" (e não low-cost) uma vez que este tipo de companhias já incluem (para além da bagagem de cabine) as malas de porão - até 23Kg.

Líquidos até 100Ml? Check! É das regras mais ridículas (falei dela aqui) mas as leis, por muito parvas que sejam, são para serem cumpridas e portanto, quando preparámos as nossas malas, tivemos o cuidado de usar frascos mais pequenos do que os habituais para champô, condicionador, cremes e todas essas mariquices necessárias durante o nosso quotidiano. Numa mala de cabine podemos transportar até 1L de líquidos mas esta quantidade deve estar distribuída por embalagens independentes de 100Ml e todas elas devem estar dentro dum saco transparente de abertura e fecho simples portanto cumprimos o que vem escrito no regulamento e não corremos o risco de ter que deixar as nossas coisas com o tal segurança sortudo. A parte má? Não pude trazer os mil produtos da Victoria's Secret e da The Body Shop.

Viajar para Londres é fácil para a maioria das pessoas e penso que é correcto afirmar que, no nosso caso, não houve motivos para dramas. Os voos correram bastante bem e não houve atrasos significativos apesar de não termos sido presenteados com a fabulosa música de aterragem da Ryanair. Admito que estava com algum receio pelo Gui (que nunca tinha andado de avião) mas, no geral, tivemos direito a viagens bastante tranquilas. Aterrámos em segurança e é isso que importa.


Mais sobre Londres: LONDON? IS THAT YOU?

18 comentários:

  1. Excelentes dicas, da próxima vez que for viajar já sei! A fotografia está fantástico, vindo de ti, não esperava mais nada :)

    ResponderEliminar
  2. Adoro! Fico tão feliz por vocês :)
    Quando fui a Paris, também fui na companhia da Ryanair e correu tudo bem, foram super simpáticos e não houve dramas.

    ResponderEliminar
  3. *esqueci-me de escrever

    Nunca viajei na Ryanair só na Easyjet, TAP e Sata, mas é capaz de ser porreiro pelos voos low cost!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A EasyJet também é uma companhia aérea low-cost, Leonor :)

      Eliminar
  4. É assim mesmo Carolina :)
    Adorei a fotografia *.*

    ResponderEliminar
  5. Já fiz umas oito viagens com a Ryanair, sempre sem problemas! Há muita gente que ainda tem medo por ser low-cost, não faz sentido. :)

    ResponderEliminar
  6. Estou a adorar Carolina! Tens jeito para estas coisas :) you go girl!

    ResponderEliminar
  7. A foto está excelente, assim como o texto! :D Adoro, Carol!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  8. Que vontade que me deste de viajar novamente! Nunca viajei com companhias low cost e apesar dos preços parecerem excelentes a Ryanair deixa-me desconfiada, muito mais depois de um professor meu (que tem familiares que lá trabalham) nos ter contado situações que se passam e ter-nos desaconselhado viajar nessa companhia... Vou esperar ansiosamente pelas publicações de Londres :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sendo eu da área do Turismo tento estar informada acerca desse tipo de coisas e a verdade é que não está de todo, nos meus planos, um dia trabalhar na Ryanair. No entanto, como cliente, já viajei com esta companhia mais do que uma vez (sempre viagens curtas, para viagens longas não aconselho também) e nunca tive problemas.

      Eliminar
  9. Sou super a favor de companhias aéreas low-cost, acho que é precipitado julgá-las quando, de facto, a qualidade de voo geralmente nunca fica comprometida e traz imensas vantagens :)
    Mas a minha companhia preferida continua a ser a Easyjet, muito mais que a Ryanair, apenas por uma diferença que é o profissionalismo nas tabelas de preços. A Ryanair é um pouco confusa no sentido de começar com um preço e, à medida que vais fazendo todos os passos da compra da viagem vai metendo taxas em cima e ficando mais cara. A Easyjet é um pouco mais profissional nesse ponto e ganha o meu favoritismo nesse sentido. De resto, acho que as duas são de grande qualidade e é uma séria vantagem nas viagens curtas :D

    ResponderEliminar
  10. So viajei na TAP mas também porque só fiz viagens longas :) *

    ResponderEliminar
  11. Nunca andei de avião, mas quero muito fazê-lo ainda este ano.

    ResponderEliminar
  12. Onde ficaram alojados Carolina? Tenho imensa curiosidade porque a escolha do hotel em Londres foi um tormento para nós!

    Sara Cabido | Little Tiny Pieces of Me

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ficámos em casa duma amiga que está lá a estudar. Caso contrário esta viagem não aconteceria por agora! :)

      Eliminar