DESPORTO | Uma Questão de Hábito

Entre a equipa de futebol, a natação, hip hop, os workshops de várias modalidades dentro da dança, as corridas, as parvoíces entre amigos, as caminhadas, o ballet e as aulas de educação física, toda a minha vida fiz desporto. Sempre fui uma miúda activa que não gosta de ficar parada e que reconhece os benefícios da prática de exercício físico sem os ver como tortura. E esse hábito desportivo sempre foi, para mim, uma excelente forma de desanuviar com o bónus de manter o meu corpo sem prescindir dos chocolates Kinder. 

O desporto nunca foi, para mim, um sacrifício. Era algo que realmente me dava gosto e que me fazia sentir bem comigo mesma. Porque era algo que me fazia sentir desafiada e porque me obrigava a espairecer enquanto me focava em objectivos concretos que me ensinavam mais sobre mim mesma, sobre o meu corpo, os meus limites e a maneira mais correcta de os ultrapassar.

Porém, com muita pena minha, no último mês de Setembro tornei-me naquilo que mais temia: um ser sedentário. Deixei o ballet porque o meu horário da Faculdade não era compatível com as aulas, não me inscrevi em mais nenhuma modalidade e acabei por ficar parada. Nos últimos meses não corri, não fiz caminhadas, não dancei, não fiz nada. E sinto-me mal com isso. Costumo andar a pé para todo o lado - vantagens de viver em Braga - mas não me chega. E quero contornar essa situação o mais rápido possível porque noto graves diferenças entre aquilo que sou agora e o que era há seis meses atrás. Mais do que uma questão estética - porque o corpo também sofre com a minha preguiça - sinto-me mais ansiosa, mais nervosa, mais difícil de lidar. E isto tem que mudar. 

Untitled

17 comentários:

  1. eu também sempre gostei de desporto mas infelizmente nunca pratiquei nenhuma modalidade fora da escola. Ultimamente ando a fazer alguns exercícios em casa para me sentir bem e para melhorar algumas partes do meu corpo e quando o bom tempo vier para ficar vou apostar nos passeios de bicicleta tal como tenho feito todos os Verões. Também é uma maneira de espairecer e desanuviar a cabeça :)

    ResponderEliminar
  2. Força nisso! como dizes e muito bem: é mesmo uma questão de hábito e força de vontade!

    ResponderEliminar
  3. Eu estou a tencionar começar a correr outra vez porque, tal como tu, estou a ficar demasiado sedentária. Ano passado ainda tinha a praxe que me obrigava a fazer exercício físico, mas este ano não faço mesmo nada e já sinto que não aguento muito tempo a caminhar. Pode ser que agora com as temperaturas a subir, eu fique motivada para começar. Se precisares de companhia já sabes ahaha

    ResponderEliminar
  4. Força! Depois conta-nos o que escolheste fazer. (:

    ResponderEliminar
  5. Força nisso, infelizmente, também ando como tu, sem vontade para nada. E para mim, desporto é das melhores coisas de sempre. Mas só me dá motivação se for um desporto colectivo!

    ResponderEliminar
  6. Quando quiseres :) Tenciono começar daqui a uma semana!

    ResponderEliminar
  7. Já ando a adiar a imenso tempo, mas o meu corpo já pede!
    Beijinhos:-)

    http://princesamae.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Desde que entrei na universidade também me tornei sedentária.
    Não gosto, odeio. Mas a preguiça é mais forte que eu.
    kiss na cheek

    ResponderEliminar
  9. Eu comecei a fazer desporto regularmente desde os 9 anos e durou até entrar na universidade. Com a entrada na universidade passei a ser atleta de sofá. Recentemente regressei novamente ao activo para uma modalidade completamente nova, mas que estou a adorar. :)

    ResponderEliminar
  10. Parece que estou a ler o meu caso. Eu inscrevi-me no ginásio na segunda-feira. Não é como dançar, mas é necessário!

    ResponderEliminar
  11. Também sempre fui uma miúda activa mas nunca fiz muitas modalidades, experimentei uma ou duas e na última foi "é mesmo disto que gosto" e já lá vão quase sete anos. Conjugando com a ginástica faço natação (não posso fazer uma sem a outro porque tenho um problema de costas) e embora deteste aquilo, faz-me bem e não é de todo uma perda de tempo. Se queres regressar ao activo apenas te aconselho a ires devagarinho!

    ResponderEliminar
  12. Nunca fui muito de desporto, também porque, como nunca dei grande importância, sempre fui aquela que "não tinha jeitinho para nada" porque só ia pelas aulas de educação física... Agora na faculdade começo a sentir esse erro e queria imenso mesmo começar a fazer alguma coisa, mas não me queria por num ginásio, ando a tentar descobrir o quê!

    ResponderEliminar
  13. A actividade física, para além dos benefícios para a saúde, é excelente para nos libertarmos das preocupações do dia-a-dia. Faz tão bem :)

    ResponderEliminar
  14. Era a gaja que não mexia uma palha e agora se falto um dia ao ginásio sinto-me mal :P Vá miúda mexe-te

    ResponderEliminar
  15. Quando comecei a faculdade também me aconteceu isso, deixei de fazer exercício totalmente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Durante o primeiro ano não vacilei na prática desportiva. Para além do ballet, das caminhadas e corridas, tinha a Praxe e era bastante activa a nível de exercício físico... Neste segundo ano desleixei-me e quero mudar o mais rápido possível. Está nos planos começar esta semana :)

      Eliminar