Thirteen

SWEET CAROLINE | O Passado, o Presente e o Futuro

Todas as minhas relações interpessoais me marcam e todas elas me condicionam e ensinam à sua maneira. É normal. É assim que cresço, é assim que aprendo e é assim que me torno numa pessoa mais forte, mais segura de mim mesma, com gostos mais definidos e vontades mais concretas. Contudo, também é graças a essas marcas que desenvolvo medos, inseguranças e desconfianças. Também é normal. Mas só até certo ponto. E não é normal reagir da forma como eu reajo perante algumas situações e preocupações. De todo.

Esta semana percebi que alguns dos meus medos e ansiedades mais profundas estavam relacionados com algumas situações passadas e isso fez-me confusão. Mas também fez todo o sentido. Porque, afinal, são as relações e atitudes passadas - sejam elas relações familiares, amorosas ou de amizade - que me permitem evitar erros já cometidos, que constroem as minhas defesas e que protegem o meu coração.

Mas será que essas defesas são, realmente, as mais indicadas? Só o tempo dirá. Entretanto, vou tentando contrariar as barreiras que o meu organismo vai criando. Nenhuma relação é igual a outra. Pessoas diferentes, vidas diferentes, consequências diferentes, maturidades diferentes e vivências diferentes tornam cada uma delas em algo único e especial. Sem arrependimentos. O truque reside em aprender com o passado sem deixar que ele limite a nossa felicidade actual. E viver o presente de maneira a construir um futuro igualmente feliz.

XxX

8 comentários:

  1. Isso é muito normal, eu própria também sou assim aprendi com o passado e agora estou sempre de pé atrás em relação a alguns assuntos. Por um lado é bom porque não "mergulho de cabeça" em nada, por outro faz-me andar sempre com receio, principalmente, de cometer os mesmos erros.

    MORNING DREAMS

    Sofia Silva, Beijos*

    ResponderEliminar
  2. Eu também fiquei assim depois do meu secundário e agora custa-me um bocado dar-me a conhecer às pessoas. Agora estou a tentar combater isso. Temos uma vida inteira pela frente e muitos erros ainda vão ser cometidos :)

    ResponderEliminar
  3. Gostei bastante do texto. E é bem verdade, muito do que passamos, marca-nos e faz-nos ter receio de voltar a sofrer ou a passar pelo mesmo...

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  4. "O truque reside em aprender com o passado sem deixar que ele limite a nossa felicidade actual. E viver o presente de maneira a construir um futuro igualmente feliz." - Concordo contigo*

    ResponderEliminar
  5. É com os erros que crescemos e que nos tornamos em pessoas melhores, mais ponderadas. Experiência própria.

    Ana, A Policromia
    A Policromia no Facebook

    ResponderEliminar
  6. " Porque, afinal, são as relações e atitudes passadas - sejam elas relações familiares, amorosas ou de amizade - que me permitem evitar erros já cometidos, que constroem as minhas defesas e que protegem o meu coração. "

    Sem dúvida, a melhor parte do texto! Amei teu blog! Segui (:

    ResponderEliminar
  7. Eu devo ter criado uma muralha tipo muralha da China!

    ResponderEliminar