A CAROLINA RESPONDE | 4 Questões

O que preferes: amor ou amizade? Amor. Porque é a evolução da amizade e porque é muito mais puro, genuíno e grandioso tanto na sua vertente romântica como na sua vertente familiar e noutras também. Não há nada mais forte do que o amor e parece-me que a amizade - apesar de incrível - é muito mais fácil de falsificar ou fingir. Não sei. Escolho o amor. Até porque partilho com os meus verdadeiros amigos um sentimento familiar, quase de amor fraternal.

Qual é a meta que está difícil de atingir? Descobrir o meu lugar profissional no mundo. É o meu maior drama neste momento e com um estágio quase à porta (à espera de decisões) é importante resolvê-lo. Tem sido a minha maior guerra porque não sou capaz de me imaginar em nenhuma profissão concreta (estou a fazer progressos, ainda assim) e descobri-lo rapidamente seria como acabar uma maratona em tempo recorde.

Se pudesses, onde estarias a viver? Ao contrário da maior parte das pessoas da minha idade, eu sou perfeitamente feliz onde estou. Para mim, mais importante do que o local são as pessoas e as oportunidades e é aqui que tenho tudo o que me faz feliz por agora. No entanto, gostaria de viver uns meses em Londres, Nova Iorque, Madrid ou Barcelona. São locais onde já fui muito feliz e que gostaria de explorar como residente. Talvez um dia.

Onde é o teu refúgio? No abraço de quem me faz bem. Não há nada que me acalme mais do que um abraço, não há nada que me faça sentir mais segura ou protegida. Desde pequenina que recorro aos abraços quando os dias correm mal ou a felicidade transborda e acho realmente que essa é uma das características que melhor me identificam: os abraços são o meu refúgio.

3 comentários:

  1. Espero que consigas, e sei que vais conseguir encontrar o teu lugar no mundo profissional em breve. Mesmo eu, que sempre soube de forma tão específica, muitas vezes fico com a cabeça à roda ao deparar-me com toda a oferta que eu nem sabia que existia :) Muito boa sorte!

    ResponderEliminar
  2. Gostei bastante das respostas , identifico-me um pouco com todas elas.
    Mas aquela que mais adorei foi a última.
    Também adoro abraços e considero que são como um porto de abrigo, que nos fazem sentir bem e parece que tudo vai ficar bem :)

    ResponderEliminar
  3. Estou como tu, gosto muito deste país, não o quero nada trocar...

    ResponderEliminar