AMOR | "A vida dá muitas voltas."

Quando alguém refere uma data - seja por que motivo for - imediatamente tento recordar aquilo que estava a fazer na altura. É uma reação quase automática e acontece muito nas conversas que tenho com o Gui por causa da nossa diferença de idades. Quando jogamos quizz ou falamos sobre músicas, filmes, eventos importantes e até sobre determinados momentos pessoais - a entrada para a Escola, os desportos que praticámos, os desenhos animados que víamos... - é comum para mim pensar o quão diferentes éramos e o quão fantástico é estarmos agora juntos, como se o ano de nascimento fosse o pormenor mais insignificante e a vida até aqui fosse um livro de recordações que podemos partilhar para criar as conversas mais mirabolantes ou os encantos que nos transformam naquilo que somos aos olhos um do outro. A vida dá muitas voltas e esse foi o primeiro ensinamento que retirei desta relação.

Eu sou a personagem principal na minha história e todas as outras pessoas são personagens secundárias mas, de repente, alguém que era apenas um figurante cruza-se comigo e passa a dividir o meu estrelato como se fosse natural. Acho isso fascinante. Todos os dias passamos por tanta gente na rua, dançamos ao lado de tanta gente na discoteca, ouvimos a nossa música favorita ao lado de tanta gente com o mesmo gosto musical num concerto e depois, de repente, a pessoa que se coloca ao nosso lado numa apresentação ou num dia de Praxe já não é um estranho e passa a ser alguém que não queremos deixar de ter ali. 

Quão fantástico é? Caminhos que se cruzam e que, à primeira vista, não fariam qualquer sentido juntos, interesses que se misturam quando nem pensávamos que tal coisa fosse possível, aprendizagens que se fazem só porque gostamos da pessoa que nos ensina. Amor também é perceber que as amizades, as paixões e os amores surgem nos locais mais improváveis em fases de vida surpreendentes. E vale tanto a pena...!

leafegrl:

gloomy day n a happy coat 

ig: emdaviesss

4 comentários:

  1. Ainda bem que nem tudo está programado. É bom surgirem pessoas novas na nossa vida.

    ResponderEliminar
  2. Bonita forma de expressar de como o amor é, simples e nada conveniente!

    ResponderEliminar
  3. Adorei a forma como te expressaste neste texto. Deixou-me genuinamente feliz, num dia que não o era. Obrigada :)

    ResponderEliminar