👣

Opiniões sobre a questão do acolhimento dos refugiados na Europa?

14 comentários:

  1. Aqui está a minha:
    http://inspiremewithmoments.blogspot.pt/2015/09/refugiados-um-tema-polemico.html

    ResponderEliminar
  2. Acho que primeiro tem de pensar no nosso país, existem pessoas na miséria que querem comer e não tem e depois pensar nos outros :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e não se pode gostar de amarelo e azul ao mesmo tempo ?

      Eliminar
  3. A mim não me incomoda, quer dizer, acho que devemos, sempre que é possível, ajudar o próximo. Se não fomos capaz de os acudir quando eles passavam tão mal, então acho que devíamos mesmo ajudar o máximo número de refugiados possível. Além disso, não me parece que esteja a ser uma situação mal pensada, aliás, o número de refugiados que cada país está a acolher é proporcional ao seu tamanho, capacidade económica e condições políticas.
    Não percebo muito bem as pessoas que dizem que estamos a receber terroristas, quer dizer, esta afirmação é um estereótipo muito feio, pois, se formos por aí, quase todos os países são terroristas.
    Fico também triste quando um país afirma não os querer à sua volta, porque lhes vão roubar os empregos. É triste mesmo, visto que, embora muitos deles até sejam doutores, mestres ou licenciados, vêm para a Europa fazer o trabalho que os cidadãos europeus muitas vezes desprezam, como limpar casas, varrer ruas, apanhar lixo... Apesar de sermos um Continente muito «à frentex», temos imensos complexos em relação a estes trabalhos que deviam ser bastante valorizados.
    A meu ver, os refugiados apenas querem fugir da miséria em que estão a viver, ganhar uns troquitos e possibilitar uma boa vida para as suas gerações futuras... Enquanto tivermos espaço na nossa «rica» Europa, qual o mal de ajudar?

    ResponderEliminar
  4. Eu já estou numa de "esperar para ver".

    ResponderEliminar
  5. Não consigo formular opinião. Infelizmente há muitas notícias falsas a circular pela internet que nem sempre são detectáveis. Por isso, posso ter lido algo falso e basear a minha opinião nisso. É claro que eu acho que os devemos ajudar. Mas não deixo de achar injusto para os portugueses que perderam tudo cá (por causa de dinheiro) e tiveram de sair do país, ver outras pessoas a entrar, nesta situação. Conheço pessoas que perderam a casa para o banco porque não puderam pagar, a sua casa de sempre e que ficaram triste por saber que vão "dadas". Não é por ser a refugiados, mas por serem dadas. É um tema mesmo muito delicado.

    ResponderEliminar
  6. Há pessoas em Portugal com fome e a viver na rua e a maior parte das pessoas nem sequer se digna a olhar e a dar uma moedinha, mas mal aparecem pessoas de fora é "pensem nos Portugueses primeiro!". De onde veio esta vaga de falta de humanidade e falso patriotismo? Os refugiados só querem sobreviver. Quem somos nós para lhes negar isso?

    ResponderEliminar
  7. Escrevi um post sobre este assunto ontem: http://myfairytale4.blogspot.pt/2015/09/vamos-falar-de-coisas-serias.html

    ResponderEliminar
  8. Não consigo ter uma opinião muito segura sobre o assunto, porque há contras tão fortes como pros. No entanto, um dos contras não é com certeza o facto de roubarem empregos, casas e comida aos cidadãos de cada país. Aliás, há uma semana ninguém se preocupava com os sem-abrigo. Acho que está na altura de começarmos a ver os "outros" com a mesma importância que vemos os "nossos". As fronteiras não são mais do que linhas em mapas e temos todos o mesmo direito à vida. Eles passaram horrores e não se teriam aventurado numa viagem perigosíssima se o mar não fosse mais seguro do que o sítio onde estavam. Está na altura de deixarmos de ser egoístas. Se todos ajudássemos, havia ajuda suficiente para os "nossos" e para os "outros".

    ResponderEliminar
  9. Estou ainda numa construção de opinião na maior parte dos detalhes desta questão, mas há uma coisa que me faz imensa confusão que é as pessoas dizerem que não se pode acolher refugiados. Gente! Está acordado na Declaração Universal dos Direitos Humanos! Não é uma questão de "os países estão a ir todos uns atrás dos outros só para parecerem bem" quão ignorante é esta afirmação?? É um dever!

    ResponderEliminar
  10. Já li muitas coisas boas e muitas coisas más. Encontro me dividida, tal como dizes também estar.

    ResponderEliminar
  11. Há pessoas a morrer de fome aqui no nosso país. Primeiro mandam os jovens emigrar, e agora querem trazer mais bocas pra comer cá pro país? Por favor. Sou católica, e posso dizer que adoro ajudar, fazer voluntariados etc., mas neste caso discordo completamente disto. No outro dia vi uma mãe desesperada num grupo do facebook a pedir pra trocar o telemóvel dela por comida. Imaginem como será se eles realmente vierem pra cá!

    ResponderEliminar
  12. Acho bem e acho mal. Por um lado, devemos aceitá-los. Por outro, temos que pensar no nosso país.
    wonder--journal.blogspot.com

    ResponderEliminar
  13. Sinceramente, não sei o que pensar...

    ResponderEliminar