VIDA ACADÉMICA | 6 Conselhos de Finalista

Zelem pelo vosso próprio sucesso. Tirem apontamentos, frequentem as aulas, tenham os vossos próprios materiais e objectivos, escolham os grupos mais equilibrados e consistentes na hora de trabalhar. Por muitos amigos que façam, não dependam de ninguém para serem bem sucedidos. Ajudem os outros e peçam ajuda quando isso fizer sentido mas nunca, em momento algum, deixem que alguém defina se vocês falham ou concretizam. Sejam organizados no estudo e conscientes nas aulas e fora delas. A Faculdade é uma etapa absolutamente fantástica, de muito crescimento, mas também é uma etapa que nos põe à prova, que nos testa. Sigam os vossos princípios e atinjam as vossas metas por vocês. Vocês sabem o que é melhor para.

Façam mais do que ir às aulas. Se pensarem como eu têm entranhada na pele a ideia de que estamos no Ensino Superior para tirar um curso. No entanto, isso não significa que não possamos aproveitar tudo o resto, correcto? Quase todas as instituições têm projectos, grupos, núcleos, equipas desportivas, tunas, associações e Praxe. Investiguem, experimentem. Não se limitem às aulas, aos apontamentos e ao estudo. Inscrevam-se em actividades que vão para além do vosso curso, conheçam pessoas diferentes com outros interesses e idades, frequentem a Praxe se acharem que faz sentido (como faz para mim) e divirtam-se em jantares de curso. Sejam felizes.

Criem redes de contactos. Sejam educados e positivos. Criem boas relações com alunos mais velhos e professores, sem confusões ou superioridades. Não estou a dizer que devem criar amizades com alvos específicos - porque isso não é uma amizade mas sim uma fraca demonstração de carácter - nem estou a dizer que devem engraxar sapatos à procura de oportunidades. A única coisa que recomendo é que criem uma rede de contactos ao marcar pela positiva e ao promover um bom ambiente. Só. Toda a gente tem medo que os professores associem caras e nomes mas quem disse que era obrigatoriamente algo negativo? Só o é se deixarem que seja. A entrada no mercado de trabalho não está assim tão longe e é importante - sobretudo nos dias que correm - que demonstrem confiança e que conheçam muita gente, não só na vossa área de estudos mas também noutras. Há sempre um amigo que tem um amigo que nos pode ajudar ou que conhece uma oportunidade valiosa.

Aproveitem todas as conferências, jornadas e seminários. Pode parecer chato ou aborrecido mas é uma forma de abrir horizontes, demonstrar interesse, ouvir opiniões distintas. Eu fui a imensas nos últimos dois anos - sobre Marketing, empresas, Turismo Religioso, Hotelaria... - e isso ajudou-me não só a perceber melhor alguns pormenores que às vezes me passam ao lado nas aulas (porque o tempo é reduzido e é impossível abordar tudo) mas também a descobrir que caminhos quero evitar futuramente. Se o horário da conferência for compatível com o vosso, aproveitem. Mal não faz e, se estiver a ser assim tãaaaao horrível, deprimente e chato, podem sempre abandonar o auditório (no intervalo, de preferência).

Esqueçam a roupa nova. Esta é uma dica para caloiros que pretendem frequentar a Praxe (apesar de eu achar que toooodos devem experimentar para poderem opinar e tirar conclusões). Esqueçam a roupa nova. Sejam práticos. Guardem as calças novas, os vestidinhos, os saltos altos, os decotes e a maquilhagem carregada para saídas à noite e dias mais livres. Em dias de Praxe - e em algumas instituições isto inclui o dia das matrículas - vocês vão ficar sujos. Em horas de Praxe vocês vão querer divertir-se sem preocupações relacionadas com guarda-roupa. Mas atenção: isto não significa assumir um papel de desgraçado roto e sujo nas aulas: a boa apresentação também é uma questão importante e pode definir muita coisa (quer concordem ou não com isto).

Não vendam um rim para comprar material escolar. Claro que esta dica não se aplica a muitos cursos (Arquitectura, Design, Medicina...) porque os materiais são caros e frequentes e há livros imprescindíveis que custam balúrdios mesmo em segunda mão mas, no geral, não precisam de 30 canetas de cores, 6 cadernos por semestre, corrector, lápis de cor, cartolina e fita-cola. A Faculdade é uma etapa dispendiosa; simplifiquem e poupem em tudo o que puderem, sobretudo se escolherem estudar fora do vosso local de residência.

glamour:

You got this.
Graphic: The Design Confidential

21 comentários:

  1. Excelentes concelhos! Pelo menos, metade deles podiam ter-me sido dados quando entrei para o primeiro ano. Especialmente o primeiro e o terceiro.

    ResponderEliminar
  2. Obrigada pelos conselhos!! :) Agora que vou para a faculdade são mesmo úteis!

    ResponderEliminar
  3. São, sem dúvida alguma, conselhos excelentes! Apesar de ainda estar a caminho do segundo ano, já concordo com tudo o que disseste :)

    ResponderEliminar
  4. Concordo com todos! Viva os finalistas! xb

    ResponderEliminar
  5. Como finalista que sou, só tenho de concordar com tudo o que escreveste!
    E acima de tudo que todos se divirtam imenso, porque também faz parte :)
    Beijo *

    ResponderEliminar
  6. Como finalista que sou concordo perfeitamente :)

    http://glamourandsparkletrends.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Como sou caloira acho que vou ter de ter isto tudo em conta.

    Wallflower

    ResponderEliminar
  8. Excelentes conselhos e boa sorte à finalista para este novo ano!
    Beijinhos :)
    http://those-colorful-words.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Quando for caloira tenho que reler todas as tuas publicações sobre a faculdade, dão bastante jeito.
    r: Acho que fizeste bem em arriscar, a LG é uma marca boa! :)

    ResponderEliminar
  10. Talvez para o ano tenha tudo isto em consideração! Adorei :)

    ResponderEliminar
  11. Adorei as dicas. Para quem está prestes a entrar para esta nova fase, é muito importante saber opiniões e conselhos daqueles que estão prestes a terminar a faculdade.
    Beijinhos.

    http://avidadelyne.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. É isto tudo! Incrível, Carol!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  13. Embora vá apenas iniciar o meu último ano do ensino básico, vou sem dúvida aproveitar algumas das tuas dicas e, daqui a uns anos, acredito que relerei os teus posts sobre a faculdade. O que me fez visitar o teu blogue foi o seu nome, porque o 13 também é para mim um número de muita sorte, e a verdade é que depois de ler algumas das tuas publicações o adorei. Ganhaste uma nova seguidora!

    Continua o bom trabalho, tens um blogue fantástico.

    Beijinhos, Beatriz Lourenço. | Bookaholic

    ResponderEliminar
  14. Óptimos conselhos, Carolina! Todos devíamos ter a oportunidade de ler isto quando entramos na faculdade. Tinham-me dado jeito no início, principalmente os primeiros 4. Os outros dois não se aplicaram a mim :)

    ResponderEliminar
  15. Gostei muito do post e das dicas. Serei caloira para o ano (assim o espero), provavelmente na UM que penso ser a tua instituição e fiquei com uma dúvida (nem sabia que isso acontecia), no dia das candidaturas há logo praxe? É que se assim for tenho de ir preparada xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não estudo na UM mas essa é uma questão que varia não só de instituição mas também de Comissão de Praxe e curso. Cada Comissão organiza a Praxe como acha melhor... Há cursos que praxam logo nos dias de matrículas, outros que não (:

      Eliminar
  16. muito obrigada por todas estas dicas, vou ter isto em conta quando for a minha vez de ir! e pelo que sei, tens razão em tudo

    beijinhos
    http://umacolherdearroz.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  17. Este teu post devia ter o "Carimbo de Qualidade"

    ResponderEliminar