POLÍTICA | O que define uma família?

No dia em que as crianças foram para a escola de pijama num movimento solidário anual que nos (re)lembra que "todas as crianças têm direito a uma família", Portugal vai mais além. Depois de polémicas, dramas e argumentos pobres e ilógicos, o país do fado dá mais um passo em frente e aprova, no Parlamento, a adopção por parte de casais do mesmo sexo. 

Eu, como portuguesa, só posso estar orgulhosa. Porque o que importa realmente são as condições e oportunidades dadas à criança e não o que as pessoas fazem no quarto. Este é apenas o primeiro passo para a mudança de mentalidades em Portugal mas, sejamos sinceros, a alteração desta lei é um excelente primeiro passo. Ainda que a discriminação não tenha terminado, estamos no bom caminho e aos poucos o mundo vai percebendo que a orientação sexual de um indivíduo em nada tem a ver com a quantidade de amor que ele consegue partilhar ou com a sua capacidade de educar um ser humano. Palmas!

Imagem de modern family, funny, and lol

12 comentários:

  1. Estamos a avançar realmente, pena que são tão devagarinho. Fiquei contente com a notícia, mas depois ao ler vários comentários no facebook perguntei-me se estamos mesmo no século XXI. Mas sim, foi um passo em frente. Que continuemos :)

    ResponderEliminar
  2. Fiquei tão contente quando soube da notícia!

    ResponderEliminar
  3. Eu só tenho a dizer: finalmente!
    É certo que ainda há muito a fazer, muitas mentalidades a mudar principalmente. Mas aos poucos vamos lá :)

    ResponderEliminar
  4. Sinceramente, acho que no geral somos uma sociedade bastante tolerante à homossexualidade e respeitadora quanto às opções sexuais de cada um. É claro que na Constituição o mesmo não se verifica, mas estamos a progredir. =)

    ResponderEliminar
  5. eu estou muito contente por ter sido aprovada.. Mas muito desiludida com comentários que já li.. quanta ignorância (não foram aqui os comentários, mas sim no face)

    ResponderEliminar
  6. Pouco a pouco, as pessoas vão acabar por mudar a mentalidade :) Fiquei muito feliz por finalmente a lei ter sido aprovada!

    ResponderEliminar
  7. Estou tão contente por isto, tão orgulhosa, finalmente!

    ResponderEliminar