Thirteen

ALIMENTAÇÃO | Casinha Boutique Café

Quando percebi que a minha opinião sobre a Casinha Boutique Café tinha mudado, idealizei duas soluções: 1) editava a publicação anterior de maneira a ficar compatível com a minha opinião atual ou 2) fazia uma nova publicação sobre o espaço, referindo aquilo que, a meu ver, tinha sofrido alterações. Optei pela segunda. Se este espaço regista as minhas opiniões, então eu quero que também registe - de forma completamente sincera - as suas modificações. Não fazia sentido doutra forma.

Não fiz uma crítica dura ao espaço quando escrevi sobre ele pela primeira vez (AQUI) porque não existiam assim tantos pontos negativos a abordar mas reconheço que há detalhes que foram referidos no texto e corrigidos desde então. Assim, faz sentido para mim partilhar convosco uma opinião mais atualizada e pertinente. A minha primeira impressão sobre a Casinha Boutique Café não foi boa e a segunda foi apenas razoável - muito mais focada no espaço propriamente dito do que nos produtos - mas isso não invalida a minha postura e satisfação atuais: sinto que me rendi ao espaço e que ele me conquista mais um pouco de cada vez que lá vou.

A Casinha é um local que se diferencia pelo conceito e que nos apresenta uma decoração amorosa. O espaço é suficientemente luminoso, confortável e sossegado para estudar e os horários convidam-nos a ficar entre conversas e bebidas. E se por um lado continuo a achar os preços puxados, por outro reconheço algo que defendo tantas vezes: o conceito também se paga. E se o atendimento melhorou significativamente - assim como a qualidade dos produtos, diga-se de passagem! - não há como ficar indignada com o talão de compra. Os scones já não são minúsculos nem salgados (e são tão deliciosos com manteiga e/ou doce!) e depois de provar diferentes bebidas e opções de lanche admito que estava enganada: a Casinha teve um mau início em Braga mas tem um futuro brilhante pela frente se continuar a evoluir desta forma. As carteiras choram um pouco mas o atendimento personalizado e de excelência, os produtos de qualidade, o espaço acolhedor e o conceito convidativo são compatíveis com as tabelas de preços e os desejos dos mais gulosos (ainda que também tenha opções saudáveis!).

9 comentários:

  1. Uau! Isso parece tudo delicioso! Hmm
    Beijinho
    The-not-so-girlygirl.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. tão pertinho de mim e nunca experimentei! numa próxima ida a Braga, já sei :)

    ResponderEliminar
  3. Quando for a Braga certamente irei visitar, boa semana

    ResponderEliminar
  4. Estou sempre a dizer que tenho que lá ir e até agora nada x)

    ResponderEliminar
  5. Os scones têm tão bom aspeto! E o frapuccino de chocolate (parece-me isso pela foto) também parece delicioso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que estás a falar da foto da esquerda: é um frappé de café :)

      Eliminar
  6. Eu tenho tanta, mas tanta curiosidade! Tenho pena que ainda não haja em Lisboa! Esses scones, que aspecto! :))

    ResponderEliminar
  7. eu tenho mesmo de lá ir! pelo que me dizem vou ficar rendida (o que não é bom senão). Conheces o espaço "aopé dasé" ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sei onde fica e estou familiarizada com o conceito mas ainda não tive oportunidade de lá ir :)

      Eliminar