Thirteen

Porque decidiste criar um blogue? Quem te inspirou? O que te influenciou?

17 comentários:

  1. hmm boa pergunta! Acho que criei o meu blog porque queria fugir à rotina. Partilhar com o mundo o que penso e as minhas opiniões.
    E tu?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este é o meu terceiro blogue. Comecei muito novinha, ainda no Ensino Básico (8º Ano, se não estou em erro) mas apesar de ter mantido a linha do L13 nos dois blogues anteriores - partilhando textos de opinião e fugindo um pouco aos textos sentimentais bastante populares naquela altura (nunca tive jeito para isso, confesso) - criei um blogue (o primeiro) porque estava sempre a perder os textos que escrevia. E se por um lado foi isso que me permitiu chegar à blogosfera, rapidamente percebi que havia toda uma dinâmica que me fascinava e que me motivava a escrever mais e a desenvolver o meu poder argumentativo e sentido crítico! Por cá continuo, desde aí... :)

      Eliminar
  2. É estranho que eu não saiba responder a esta questão. Não me recordo, sequer, da primeira publicacão do meu primeiro blog ou da pessoa que me inspirou a criar a conta em si. Mas sei que o meu blog atual voou muito graças às tuas publicações. E aliás, já to tinha confidenciado. Mais tarde, comecei a inspirar-me muito no Bobby Pins e acho que foi isso mesmo que fez com que eu o conseguisse tornar ainda mais pessoal. E há um ano para cá, sinto mesmo que consigo ser eu mesma, ter o meu próprio registo quando escrevo.

    Além de tudo isto, se me perguntares a ideia mais vaga que tenho de um blog que inicialmente me inspirou irei responder-te com certeza que foi o 'From A to Z', da A. Foi, sem dúvida, delicioso ler tudo aquilo que aqueles dois eram. E o blog era demasiado autêntico.

    Ainda hoje sinto falta da A, por aqui! Ela tem um talento incrível para nos surpreender e é única. Consigo perceber tão bem a autenticidade dela.

    ResponderEliminar
  3. O primeiro blogue que eu me lembro de ter criado era acerca de livros por gostar bastante de ler e ver demasiados booktubers: "Livros da Meia Noite"... Só que depois fui explorando cada vez mais a blogosfera e conhecendo mais espaços e pensei "mas eu não gosto só de livros. Porque não criar algo onde possa falar de tudo um pouco e evoluir a cada dia?" e foi aí, que depois de algum tempo a refletir se ia ou se não ia, que criei "A vida de Lyne". Penso que ser uma amante da escrita e ter uma amiga bastante chegada e que também é blogger há coisa de três anos (a Beatriz Cruz do "Simples e Complicada") sempre me fascinou, o que acabou por me influenciar (daí eu dizer que ela é a madrinha do meu blogue). Sempre nos apoiámos e ela sempre me deu a força para seguir em frente com esta ideia.
    Hoje, depois de já aqui estar na blogosfera, posso dizer que todos vocês acabam por me influenciar e inspirar. Mesmo que fique dias sem escrever, estou sempre a ler as coisas que vocês publicam e isso alimenta cada vez mais esta minha veia de blogger escritora.

    E tu Carolina, porque é que tens um blogue, o que é que te inspirou e o que é que te influencia? Acho que este tema daria uma boa publicação da tua parte! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carolayne, a TheNotSoGirlyGirl fez-me a mesma questão e eu respondi mais acima (não penso que faça sentido escrever uma publicação sobre isto - não neste momento, pelo menos). Espreita :)

      Eliminar
  4. Decidi criar um blog para partilhar com os meus amigos situações engraçadas do dia-a-dia! Ninguém me inspirou e o que me influenciou foi um vaipe no autocarro :)

    ResponderEliminar
  5. Eu ainda sou do tempo em que blogs eram só blogs e não pura publicidade. Como estava numa fase nova da minha vida, e tinha começado a ler blogs à pouco tempo, porque não criar um meu para partilhar parvoíces? Tinha acabado de entrar na universidade, parvoíces era o que não faltava na altura :)

    ResponderEliminar
  6. Bem, eu já tinha tido um blog, quando tinha os meus 12/13 anos. Adorava-o, era o meu cantinho, e quase ninguém o conhecida a não ser os meus amigos mais chegados. Funcionava como um diário. Depois deixei de lá ir, e por algum motivo esqueci-me da pass do e-mail que usava para entrar nele. Apesar de ele ainda hoje estar online, não há muita gente que o conheça, e quero que continue assim. À coisa de um ano e tal, estava a falar disto ao meu namorado, e ele perguntou-me porque não criar um novo - respondi-lhe que não sabia se iria ter coragem e estofo para isso. Bem, aqui estou. Penso que não houve "uma inspiração" exata, mas sim a falta que isto me fazia.

    ResponderEliminar
  7. Já tinha tido um blog anteriormente, bastante infantil devo dizer e acabei com ele porque me fartei e senti que não era exatamente aquilo que eu queria. Mas o gosto por escrever ficou sempre comigo e muitas vezes dava por mim com vontade de partilhar certas mensagens que por vezes não me deixavam satisfeita só com conversas (acho que sempre tive mais jeito para me exprimir pela escrita do que oralmente). E um dia, por acaso, encontrei o teu blog e pensei "Ora, aqui está precisamente o que eu gostaria de fazer" e pronto, a partir daí foi pensar num nome que me agradasse e fosse o mais original possível e o resto surgiu naturalmente :) E até agora estou a adorar, parece que a cada dia surgem mais ideias e mais vontade de partilhar com o resto da blogosfera tudo o que há de bom para conhecer e experimentar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não fazia ideia que o meu blogue tinha sido o pontapé de saída para a criação do teu! Que grande elogio, Madalena...! Obrigada pela confiança e pela partilha :)

      Eliminar
  8. Gosto - sempre gostei - da ideia de ler, daqui a uns anos, o que me andava na cabeça.
    Já tive uns três links diferentes, uns quatro nomes, mas está tudo no mesmo blog. Ou seja, tenho o meu blog desde 2011 e quando eu tiver 40 anos vou deliciar-me a ler/relembrar as parvoíces dos meus problemas e das minhas opiniões.
    kiss na cheek

    ResponderEliminar
  9. Já falei disto num post lá no estaminé, mas a ideia foi (ao fim de muitos anos de querer e não o fazer) finalmente criar o meu espaço para partilhar as minhas ideias e as coisas que gosto - seja falar de política, actualidade, religião, whatever, ou de roupa, maquilhagem, ou restaurantes. Um pouco de tudo, tal como eu sou, um pouco de tudo. Um "diário online" filtrado. E aos poucos estou a descobrir que gosto de escrever - acabo por fazê-lo mais noutros contextos do que mesmo no blog, mas sempre graças às oportunidades que este me proporcionou. E é tão bom andar por cá!

    Jiji

    * GIVEAWAY - Ganha um Colar + Pulseira + 3 anéis da Coolares *

    ResponderEliminar
  10. Essencialmente por gostar de documentar grandes etapas da vida ou até detalhes.
    Partilhar fotografias e textos acaba por gerar um incentivo maior para lhes dar continuidade. :)

    ResponderEliminar
  11. Eu já ando nisto há algum tempo e o Meraki é o meu sexto blogue. Ai que até dói!! Comecei com o Metropolitana que durou cerca de 3 anos, depois tive Queen's Life que me acompanhou na minha experiência de seis meses em Londres durou cerca de um ano, passei para Deusa ou Ninfa que durou um mês, À Procura do Meu Eu que teve uma duração de meio ano mas depois passou a ser o Carpe Vita e agora estou no Meraki. Estes três quase que contam como um só pois numa sequência. Não estive muito tempo ausente. O Meraki é para ficar. Acertei com o nome, gosto dele.

    ResponderEliminar
  12. Ah mas espera, falta dizer porque comecei neste mundo. Na altura comecei por hobbie, por curiosidade. Agora estou porque gosto disto e quero, a longo prazo, levar o blogue mais longe.

    ResponderEliminar