Thirteen

VIDA ACADÉMICA | Obrigada, miúdos!

Quando ao longe vi os balões vermelhos a delinear um caminho pelo jardim, não me passou pela cabeça que pudessem ser para mim. A cada passo meu uma frase escolhida a dedo por eles, a cada etapa uma nova tarefa e um desafio engendrado pelos dois com o maior dos carinhos: encontrar - no meio dos canteiros do famoso Jardim de Santa Bárbara - os dois balões dourados devidamente assinalados com o meu tão característico "Bom dia!". Em cada um deles uma caixinha, em cada caixinha (mais) uma carta e uma flor. As palavras mais amorosas ao som de Coldplay fizeram o meu dia. "Mas onde estão aqueles miúdos?!"

De olhos vendados dei uns passos ao som duma canção improvisada e quando finalmente me deixaram ver o ambiente que me envolvia lá estavam eles, rodeados por balões dourados e (mais) uma caixa nas mãos à espera duma cruzinha no quadrado certo. "Digníssima Doutora Carolina, aceita ser nossa Madrinha?". Não esperava pedidos de apadrinhamento quando eles aconteceram e muito menos esperava surpresas deste calibre meses mais tarde. E ter dois futuros afilhados tão queridos e dedicados faz com que eu largue a faculdade de coração cheio sem me conseguir afastar por completo. Obrigada, miúdos. Obrigada. De coração. Por tudo. É claro que aceito.


Texto escrito a 15 de Março de 2016.

7 comentários:

  1. Foram tão queridos :) As amizades são o que se leva de melhor da faculdade!

    ResponderEliminar
  2. Ainda este fim-de-semana escrevi sobre o que é ser alumni, e o aperto que me deu agora ao lembrar também o pedido dos meus afilhados... Aproveita todos esses momentos. Enche a tua caixinha de memórias o máximo que conseguires para mais tarde reviveres tudo isso e ainda sorrires :)

    Parmim

    ResponderEliminar
  3. Que fantástico! :) São estas coisas que valem a pena.
    Também guardo boas recordações da faculdade :)
    beijinhos

    ResponderEliminar