Thirteen

VIDA ACADÉMICA | Até Sempre!

Calhou-me a mim a difícil tarefa de representar os meus colegas neste dia que simboliza a etapa que está prestes a terminar. E eu podia focar as parvoíces, os gritos em dias de Praxe, as cascas de ovos no cabelo, a farinha espalhada pela roupa, as serenatas, as caras sonolentas nas aulas da manhã, os jantares, as noites de Enterro ou os cortejos mas, depois do stress das fitas e das cartolas, das encomendas de camisolas de finalista e da espera infernal pelas últimas notas, fico emocionada só de pensar que tudo isto está a chegar ao fim. Caloiros, quando vos disserem que isto passa num instante, acreditem porque é verdade. Daqui a nada, sem sequer darem conta, serão vocês a escrever discursos e a fazer vídeos de curso.

E se por um lado me sinto nostálgica e triste por seguir um caminho diferente, por outro acabo a minha Licenciatura com uma sensação inconfundível que com certeza será transversal a todos os meus colegas: a missão está cumprida e a nova etapa será um desafio que ambicionamos ultrapassar com distinção. Ao longo dos últimos três anos tive ao meu lado as pessoas certas e apesar de não me ter tornado próxima de todos, tenho a certeza que levo comigo amigos para a vida. A Universidade Católica Portuguesa ensinou-nos muito mais do que conteúdos programáticos e partimos de coração cheio por termos tido a oportunidade que nem toda a gente tem.

Em nome dos Finalistas de Turismo, agradeço à Direção da antiga FACIS pelo apoio inconfundível, com especial destaque para o Professor Miranda que sempre nos incentivou a fazer mais do que ir às aulas e que sempre nos deu liberdade para defender as tradições académicas. Aos Coordenadores de Curso, primeiro o Professor Nuno Fazenda e atualmente a Professora Carla Cardoso, que sempre lutaram para melhorar o modo de funcionamento duma Licenciatura tão recente e que sempre nos ouviram e defenderam. Ao nosso eterno Dux, João Pires, por nos ter transmitido os verdadeiros valores de Praxe, de Academia, de Vida. À Professora Emese que nos deu aulas durante os últimos três anos e que nunca vimos de mau humor. Aos Doutores e Veteranos que nos receberam quando ainda tínhamos muito para caminhar e que estão agora connosco para nos aplaudir. Aos funcionários que nos disseram sempre "Bom Dia" com um sorriso e que nunca nos negaram ajuda perante os nossos pedidos e projetos. Aos restantes Professores, que sabem os nossos nomes de cor, que nos conhecem quando passam por nós na rua e que, apesar de não precisarem do papelinho na mesa, o pedem na mesma. 

Aos colegas/amigos de Serviço Social e de TIC, que ficaram de quatro ao nosso lado muitas vezes, que permitiram que alcançássemos todas as metas e que também fazem parte da nossa história nesta Casa. Aos Caloiros que chegaram depois de nós e que nos obrigaram a ser mais responsáveis e exemplares. Às pessoas que conhecemos após a junção das Faculdades e que nos mostraram outras formas de lidar com os afazeres. Ao Professor Miguel Gonçalves, que foi justo e correto numa fase que nos trouxe muitas coisas positivas enquanto turma. À AE FACIS por ter sempre trabalhado para defender os nossos interesses e nos ter proporcionado experiências tão memoráveis. Aos pais, que todos os dias se esforçam pela nossa Educação e Felicidade. Aos familiares, namorados e amigos que sempre nos respeitaram e compreenderam, celebrando connosco as nossas vitórias e apoiando-nos nas derrotas.

E agora a título pessoal, agradeço aos meus Colegas de Turma, aos que estão cá desde o primeiro dia e aos que chegaram a meio, que estiveram sempre presentes e que me fizeram rir, que superaram comigo as cadeiras demoníacas (A.P.I diz-vos alguma coisa?), que choraram comigo nas serenatas, que me pediram desculpa quando erraram e que aceitaram as minhas desculpas quando o erro foi meu, que me apoiaram, que me viram crescer nos últimos três anos e que ficaram contentes pelos meus sucessos da mesma forma como eu fiquei pelos deles. Não foi sempre fácil - e as vossas bebedeiras deram-me algum trabalho! Gostava que finalmente compreendessem que não vão conseguir ganhar ao Quintas! - mas valeu totalmente a pena. Merecem o melhor do mundo.

Os Caloiros que passaram pelas portas da Faculdade cheios de expectativas em 2013 e os Finalistas que hoje queimam as fitas azuis e amarelas não são as mesmas pessoas. Aliás, não fazia sentido serem-no. Em três anos crescemos, evoluímos, mudámos. E foi uma honra verificar essas mudanças numa turma que, apesar de todas as zangas e discussões e para além da sua disposição óbvia para festas, demonstrou ser unida nas alturas em que precisámos realmente de o ser. Há vitórias que não se esquecem e eu tenho a certeza que recordaremos com carinho e orgulho cada uma daquelas que vivemos aqui. Tivemos direito a verdadeiras provas de amizade, de determinação, de perseverança e de capacidade de agir contra os padrões e eu não podia ter pedido melhor num período tão importante e de tantas incertezas relativamente ao futuro.

Somos a segunda turma de Turismo a terminar a Licenciatura na UCP e saímos com uma vontade paradoxal de partir e de ficar. Não foi nada fácil escrever um discurso capaz de reunir sentimentos, escolhas, emoções, chatices e conquistas que fomos vivendo juntos e duvido que um simples texto algum dia seja capaz de traduzir três anos de momentos partilhados não só com os nossos colegas de turma mas também com os colegas dos outros cursos, destacando novamente - e duma forma mais especial - Serviço Social e TIC, que fazem parte da família que nos acolheu quando as nossas insígnias ainda eram verdes e amarelas. Terminamos hoje, juntos, uma etapa que iniciámos em 2013 e damos o nosso lugar aos que chegaram este ano a uma UCP renovada. Tenho muito orgulho em todos nós e naquilo que construímos nesta fase tão marcante e agora só posso desejar-vos o caminho mais brilhante. Tenho a certeza que, no futuro, comprovaremos a força da UCP.

Boa sorte, Finalistas!


Versão completa do Discurso de Representante de Curso para a Imposição de Insígnias.

10 comentários:

  1. Acompanhei-te quase do início e é um orgulho que hoje sejas finalista! Estás de parabéns Carol, pelo final de curso e pelo texto que está brutal!

    ResponderEliminar
  2. Mas que bom é ler destas coisas! Apesar de te ter conhecido a meio (ou quase no final) desta fase da tua vida, nunca me passou ao lado o facto de terem sido anos preenchidos, que te ensinaram bastante e que ajudaram a moldar a pessoa que és! Estou muito feliz pelo facto de teres conseguido chegar aonde chegaste, e fica sabendo que és, entre muitas pessoas, uma inspiração para mim e para o avançar da minha vida enquanto universitária (que já aí está à porta!).
    Desejo-te muito sucesso no mundo do trabalho, pois sei que conseguirás tudo aquilo que desejas, pois tens a teu favor todas as ferramentas necessárias!

    Beijinhos!
    A Vida de Lyne

    ResponderEliminar
  3. Clap, clap, clap! Não podias ter representado o teu curso de melhor forma, Carol! Apesar de termos seguido caminhos tão diferente - e de eu ainda nem sequer ir a meio do meu - identifiquei-me com tanta coisinha deste texto...
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  4. Muito parabéns Carolina! Não te acompanhei durante todo o teu percurso, mas com a leitura deste texto dá para ver o orgulho que tens no teu curso e na tua universidade. Desejo-te o melhor do mundo, mereces mais que tudo. Boa sorte! :)

    ResponderEliminar
  5. Parabéns, Carolina!! Pelo conclusão da licenciatura e pelo discurso :) beijinho!

    ResponderEliminar
  6. Parabéns Carolina :) Gostei muito do teu discurso!

    ResponderEliminar
  7. Lembro-me bem de quando começaste a partilhar esta tua nova etapa. O tempo passa e, apesar de não trocarmos muitas mensagens nem comentários, admiro imenso o caminho que percorreste, todas as tuas aventuras e experiências que vais partilhando connosco.

    Desejo-te tudo de bom!

    Cátia ∫ Meraki

    ResponderEliminar
  8. Muitos parabéns Carolina! Acompanho o teu blog há algum tempo e é muito bom ver que já estás a concluir a tua licenciatura! Comecei este ano e está a passar a correr. Espero que tenhas muito sucesso! :)

    ResponderEliminar
  9. não aguento pah! choro imenso a ler estas coisas! :)

    ResponderEliminar