Thirteen

TURISMO | O Desperdício

Não acredito que as pessoas que levam para a mesa vinte fatias de pão, cinco croissants, duas chávenas de chá, três copos de sumo, três taças de cereais e uma dezena de peças de fruta façam o mesmo em casa. Da mesma forma como não acredito que essas pessoas utilizem cinco toalhas por dia ou que deixem copos de plástico, guardanapos e pontas de cigarro no jardim.

Não condeno nenhum estilo de viagem mas o desperdício gerado pelos turistas nos hotéis - seja no momento do pequeno-almoço ou ao longo de todo o dia, como acontece nos resorts que privilegiam o regime "tudo incluído" - incomoda-me. Porque é absurdo, porque é ridículo mas, mais do que isso, porque é uma falta de respeito. Pelas pessoas que não têm comida na mesa, pelos empregados que arrumam a lixeira que os hóspedes vão deixando pelo caminho, pelos cozinheiros, chefs e ajudantes de cozinha que preparam todas as refeições.

Os meus pais sempre me ensinaram que o hotel é a minha casa durante o tempo em que estou hospedada. E por isso deixo o quarto como o encontrei (não fazer a cama não conta, está bem?), coloco no prato apenas aquilo que sei que vou comer e levanto-me para repetir se assim desejar, não utilizo três toalhas sempre que tomo banho (e não demoro duas horas a fazê-lo), não deixo copos de plástico e papéis junto das espreguiçadeiras na zona da piscina, apago as luzes quando não preciso delas. Respeitar os outros e o espaço que me acolhe - protegendo também o meio ambiente - é o mínimo que posso fazer. Estou a pagar pelo serviço, sim, mas o custo da estadia não me confere liberdade para tudo - é preciso bom senso.

10 comentários:

  1. Nem imaginas o quanto isso me irrita também! eu tento viver uma vida "low waste", gosta de ser mesmo "zero waste" mas isso é impossivel para mim. Eu detesto ver pessoas nos hoteis a desperdiçar comida, a usar pratos e copos de plastico só porque sim.. irrita-me tanto!

    ResponderEliminar
  2. não podia concordar mais contigo! os meus pais sempre me ensinaram a estar num hotel como se estivesse em casa :)

    ResponderEliminar
  3. Sempre tive a noção da boa educação e de como agir em locais como esses (nunca fui para um resort mas já estive em alguns hóteis e outro tipo de alojamentos). O da comida é o que me faz mais confusão! É incomum deixar algum coisa no prato e conheço as quantidades que consumo. Realmente é algo que não compreendo, mesmo! :)

    ResponderEliminar
  4. Dá-lhes um desconto. Estiveram sem comer nem tomar banho durante 15 dias para poderem aproveitar tudo o que o hotel lhes pode proporcionar. :P

    ResponderEliminar
  5. Isto é tudo tão verdade! As pessoas poderiam ser mais civilizadas nesse aspeto!

    A Vida de Lyne

    ResponderEliminar
  6. Excelente reflexão - concordo em absoluto! Há gente que parece perder a noção do razoável quando não lhes "sai do bolso". Diz muito sobre o tipo de pessoa em questão...

    Jiji

    ResponderEliminar
  7. concordo completamente contigo. e mesmo quando vou sair do quarto, deixo a cama mais ou menos feita para estar mais apresentável, mesmo sabendo que a seguir vão desfazê-la e por tudo para lavar. o mesmo se aplica a refeições. só levo para a mesa o que vou comer e tenho ao máximo deixar tudo mais limpo.

    ResponderEliminar
  8. Estou completamente de acordo, os meus pais ensinaram-me o mesmo!

    ResponderEliminar
  9. A situação que relataste é muito típica! Na parte das refeições é onde se isto se nota muito mais... e nos quartos também é comum a malta levar tudo o que de grátis houver, o que acaba por ser realmente ridículo!

    http://cidadadomundodesconhecido.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. As vezes vê-se com cada coisa! Por acaso, ainda este verão estive num hotel em que genuinamente me fez impressão o desperdício. A dona do hotel era uma avózinha e não havia self service. Notava-se que o hotel tinha o toque dos netos, moderno e com todas as condições, que estavam na zona de serviços e falavam várias linguas. Mas de manhã cedo na hora do pequeno almoço estava a dona, a avó. Tivemos de recusar comida umas 4x porque a senhora insistia que não estávamos alimentados o suficiente. Era pilhas e pilhas e pão e torradas em todas as mesas porque os estrangeiros não conseguiam comunicar com a senhora e nós que conseguíamos estávamos meios atrapalhados com situação.
    Os produtos de higiene básicos oferecidos quem nunca levou para casa? Ainda este verão levei uma touquinha de duche que depois me deu um jeitão num hotel com chuveiro preso. É um bocado de bom senso! Conheço casos de quem leva toalhas e chinelos para casa :O Até cinzeiros!!! há uns anos fiz uma excursão com os meus pais e via pessoas a fazer sandes ao pequeno almoço para comerem ao longo do dia, nem era só uma maçãzinha... era mesmo almoços e jantares. com direito a pacotes de leite e iogurtes. Uma vergonha!!

    ResponderEliminar