CINEMA | The Ides Of March [2011]

"The Ides of March", realizado por George Clooney - que é também um dos protagonistas -, é um filme que, através de um ponto de vista crítico, nos mostra o que acontece nos bastidores das corridas eleitorais americanas.

Os jogos estratégicos e as ações que desprezamos, o cinismo, o poder do dinheiro, a confiança, os ideais democratas, a dependência do petróleo, a preparação e o decorrer da campanha, as reações instantâneas, a gestão de conflitos, a defesa da imagem... podemos observar tudo isso em "The Ides of March" e, com um elenco de excelência (no qual destaco George Clooney e Ryan Gosling), este é um filme para ver com atenção e um sentido crítico apurado - até porque o próprio nome representa uma curiosidade que nos mostra que todos os pormenores e diálogos foram pensados com rigor de modo a representar algo maior.

"The Ides of March" apresenta-nos, através da transformação do personagem principal (que é acompanhada de uma forma brilhante pelos efeitos de imagem, que passam de cenários luminosos e românticos para outros mais escuros e sombrios), um forte retrato da política moderna. Nem todas as conversas e ações são claras mas todos percebemos quais as consequências de cada cena e eu acho isso fantástico (sobretudo porque leva a diferentes interpretações que podem mais tarde ser discutidas).

Confesso que nunca tinha visto um filme realizado por Clooney - e fiquei de pé atrás - mas reconheço: ele não só é bom actor como pode perfeitamente enveredar pela carreira da realização se assim desejar. Os planos foram perfeitamente pensados, o elenco e a equipa técnica foram nitidamente escolhidos a dedo, as críticas ao mundo político e à corrupção são fortes. Clooney retrata as coisas como elas são num mundo onde o aliciante e o sombrio andam de mãos dadas e faz um excelente trabalho em ambos os lados da lente.

3 comentários: