Thirteen

O APARTAMENTO | Despesas? Muitas!

Apesar da minha mudança de casa ter sido despontada pela oportunidade que aproveitei em menos de um mês, eu sei que tomei a minha decisão num momento muito óbvio e ponderado: quando fiz contas e percebi que sim, que era possível, que tinha condições financeiras para isso. E quando converso com amigos sobre esta questão - porque uma grande parte está ou pensa estar nesta fase - a sua maior preocupação é, precisamente, a das despesas.

As contas para pagar são a parte mais assustadora, é verdade. Porque tudo o resto se resolve mas o dinheiro no final do mês não estica e convém ter mais do que o suficiente para pagar as despesas fixas. Porque há imprevistos, porque precisamos de viver para além das contas da água e da luz, porque precisamos da segurança que um porquinho mealheiro nos dá, porque também merecemos alguns caprichos de vez em quando, ainda que sejam secundários.

Pagar contas no final do mês é a parte chata de viver sozinha - confirmo! - mas é algo que já não troco. Mesmo que não possa ter todas as peças de roupa que desejo, mesmo que não possa reservar um ordenado inteiro para uma viagem longa, mesmo que tenha de pensar duas vezes antes de comprar um novo par de sapatilhas ou uma lente para a máquina fotográfica. Ter o meu espaço - e investir o meu dinheiro nele - foi aquilo que escolhi para mim. E tenho a certeza que poderei continuar a conhecer o mundo - afinal, é sempre uma questão de prioridades.

9 comentários:

  1. concordo. ter contas para pagar é quando nos sentimos realmente "adultos". e saber que conseguimos paga-las ao fim do mês é uma sensação muito muito boa! :D

    beijinho

    ResponderEliminar
  2. Confesso que é a parte que mais me assusta. Já fiz "contas à vida", como se costuma dizer, e conseguiria viver de forma autónoma no entanto neste momento não é a minha prioridade. Prefiro investir essa disponibilidade financeira com a minha família e proporcionar alguns momentos mais especiais à minha mãe e irmãos =)

    ResponderEliminar
  3. Concordo absolutamente, mas mal posso esperar por essa responsabilidade!

    ResponderEliminar
  4. Infelizmente muita gente não tem esse teu discernimento! As pessoas não fazem as contas e nem tem a menos ideia de quanto gastam por mês. Enquanto der, aproveita-se!

    ResponderEliminar
  5. Pois essa é a parte chata. Mas se a casa é tua, poupas a maior despesa que poderias ter.

    ResponderEliminar
  6. Por acaso é mesmo o que mais me "assusta", é esse compromisso - apesar de saber que sou perfeitamente capaz de dar conta do recado :) e com cuidado e cabeça, tudo se faz na mesma!

    Jiji

    ResponderEliminar
  7. Antes de decidirmos morar juntos eu e o meu namorado sentámo-nos e fizemos contas à vida. Só quando percebemos que realmente conseguíamos suportar as despesas é que avançámos e dissemos aos nossos pais a nossa ideia. Não me arrependo nada da decisão que tomei e se voltasse atrás faria tudo de novo. Ter esta independência é maravilhoso. Requer uma boa gestão e paciência mas vale bem a pena :)

    ResponderEliminar
  8. Ando a trabalhar para poder estar como estás :)

    ResponderEliminar
  9. Sabes que eu adoro pagar as minhas contas? Olha para elas como sinónimo de "já sou grande" e embora seja realmente chato, eu gosto muito. Dá-me uma sensação ainda maior de responsabilidade.

    Cátia ∫ Meraki

    ResponderEliminar