Thirteen

TELEVISÃO | Timeless [2016]

Apanhar o criminoso que roubou a máquina do tempo - seguindo-o nas suas viagens a décadas passadas - sem que a História da Humanidade sofra alterações é a missão dos protagonistas de "Timeless", a série que acompanho desde o primeiro dia ao lado do meu pai.

Vi o primeiro episódio de pé atrás pois não sou a maior fã de ficção científica e viagens no tempo mas rapidamente mudei de opinião.  Os episódios de "Timeless" têm sido interessantes, surpreendentes e curiosos e eu fico sempre ansiosa pelo seguinte.

Para além do elenco que constitui esta produção americana, destaco o argumento baseado em factos históricos e o guarda-roupa: em cada episódio viajamos até um momento icónico da História dos Estados Unidos da América e apreciamo-lo sem amarras ou influências. Damos por nós a querer saber mais sobre as personagens, sobre as datas, sobre o outro lado da moeda (porque, sejamos sinceros, a História que nos é contada nem sempre inclui duas versões). 

O factor surpresa é mesmo o mais significativo nesta série que tem sido transmitida no AXN: nunca sabemos que época estará representada no episódio seguinte, nunca sabemos que data o criminoso escolherá, nunca sabemos que personagem aparecerá ou que rumo terá a história. Com um bónus: somos sempre confrontados com os sentimentos antitéticos que aparecem no caminho das personagens. Se fôssemos nós, o que faríamos?

3 comentários:

  1. Há ouvi falar mas não acompanho :)

    ResponderEliminar
  2. Também vejo ^^ Tudo o que puxa o pézinho para o lado histórico estou lá batida!! E agora tambem há o ministério do tempo na RTP que é uma adaptação de uma série espanhola que dizem que serviu de "inspiração" para o timeless... O Ministério do tempo pronto está à nossa escala e os diálogos são um bocadinho coisos mas tambem dá para aprender um bocadinho mais sobre a nossa história.

    A que estou agora a adorar é o The Halcyon - Hotel inglês durante a epoca do blitz! A roupa, a história, as personagens *.* Adoro!

    ResponderEliminar
  3. Também acompanho desde a estreia e cativou-me desde então. Achei muito curioso e interessante a referência a factos Históricos :)

    ResponderEliminar