Thirteen

FAMÍLIA | 2-0

Merda. Merda. Merda. Tantas palavras feias no início de uma publicação de alguém que não as admite no seu quotidiano parece muito mas, neste momento, sabe-me a pouco. Merda. Merda. Merda. Merda. Merda. O cancro é uma merda. Sim, uma merda. Merda. Hoje perdi mais um tio. O cancro venceu. Pela segunda vez. Pela segunda vez no mesmo ano, o cancro venceu. Foda-se!

O meu tio sempre foi um lutador. Venceu um aneurisma há quinze anos. Venceu todas as adversidades que a vida lhe impôs. Lutou pela sua saúde até ao último segundo. Andou quatro anos nisto e merecia vencer a guerra de vez e, ainda assim, o cancro venceu. Essa doença de merda, que só ataca quem não merece. Que só afeta as pessoas que nos dão colo, que nos mimam, que têm um coração de ouro, que dão os melhores abraços e que nos ensinam os melhores truques. O cancro é uma merda. Foda-se!

Na última vez que o visitei, ele já não falava. Num dos dias anteriores, com o abraço sentido de sempre e que nada teve de diferente dos anteriores, ele sussurrou "a minha menina". Não contei a ninguém. Agora, agarro-me a essas palavras - as últimas que me dirigiu - e, com o maior dos carinhos, agarro-me também à ideia de que todas as suas dores desapareceram. O cancro continua a ser uma merda mas o meu tio é, apesar do desfecho, um lutador.

9 comentários:

  1. Um verdadeiro homem coragem, que admirável! Embora o final não tenha sido feliz nem digno para o que eu acredito que o teu tio teria merecido, tenho a certeza de que ele se sentiu o maior sortudo por ter tido uma sobrinha como tu, que esteve ao seu lado até ao final. Acredita que, além de já não ter dores, aliviaste tantas outras, por estares a dividir a batalha com ele. Um grande, grande, grande abraço. Coragem, Carol! :)

    ResponderEliminar
  2. Muita força, Carolina! Sê forte. Eu sei que nada neste momento apaga ou alivia a dor que sentes, mas tenta agarrar-te aos melhores momentos que passaste com o teu tio.
    O cancro é uma merda e leva muita gente boa embora...
    Beijinho gigante!

    ResponderEliminar
  3. Um grande abraço, Carolina. Infelizmente, parece que hoje em dia não nos escapamos de ver os nossos partir com esta merda de doença...e sim, parece que são sempre os melhores. É uma merda. E sei que neste momento é difícil ver o lado positivo, mas agarra-te a isso, pelo menos o sofrimento tem fim. Pouco serve de consolo, mas fica com um enorme xi-coração para ti e para os teus. <3

    ResponderEliminar
  4. Não tens noção como este texto encaixa bem com aquilo que vivi com o meu tio também. Fiquei com um nó na garganta agora!

    ResponderEliminar
  5. Não há palavras que possam confortar-te neste momento. O sentimento é de completa impotência perante uma doença que teima em vencer. Um beijo enorme de força, Carolina, para ti e para os teus.

    ResponderEliminar
  6. Um abraço enorme e um grande beijinho, carolina! Muita força e muito mimo dos teus! O tempo torna tudo mais suportável mas ao contrário do que dizem não cura! Sei demasiado bem o que é essa dor, no ano passado estava eu numa situação quase igual à tua. Fizeste tudo o que esteve ao teu pequeno alcance, de certeza que a tua presença fez toda a diferença para ele e o fez lutar um bocadinho mais!
    Os últimos dias são uma tortura e acho que entre prolongar um período de sofrimento para todos e a pessoa ir, o ir torna-se o melhor desfecho permite sossegar o coração um bocadinho e fazer o luto.
    O cancro é uma merda e infelizmente cada vez é mais frequente e só espero que as investigações tragam novas armas para ver se vencemos a guerra ou pelo menos nos ajude a lutar melhor!

    ResponderEliminar
  7. muita força, um abraço e um beijinho, é tudo o que posso dizer-te. infelizmente não há nada que possamos fazer. estamos aqui!

    ResponderEliminar
  8. Se tiveste um abraço e umas palavras tão boas.. é isso que deves guardar no teu coração. É uma doença ingrata é algo que não entendemos porquê... os sentimentos e os gestos ficam conosco e com quem vai .. um beijinho

    ResponderEliminar
  9. Vi no teu insta que algo não estava bem e vim a correr deixar-te um beijinho e muita força :)

    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderEliminar