Thirteen

ATUALIDADE | Dia Europeu da Memória das Vítimas do Estalinismo e do Nazismo

O Dia Europeu da Memória das Vítimas do Estalinismo e do Nazismo, celebrado anualmente a 23 de Agosto, foi criado para relembrar as vítimas de todos regimes autoritários e totalitários e, se até agora era um dia em que eram homenageadas as vítimas doutros tempos, em 2017 ganha um novo impacto e faz-me refletir: será que, enquanto sociedade, não aprendemos nada? Será que os documentários, as entrevistas, os livros e as fotografias não significaram nada? 

Depois de conhecermos as práticas atrozes dos regimes ditatoriais, como podemos eleger pessoas que defendem exatamente os mesmos valores? Como podemos acreditar que existem raças mais puras do que outras e religiões mais ou menos válidas? Como podemos continuar a apoiar o racismo, a xenofobia, a homofobia, a misoginia e a misandria? Como podemos colocar em causa a Declaração Universal dos Direitos Humanos? 

Entristece-me que, em 2017, o Dia da Fita Preta - como também é conhecido - faça cada vez mais sentido. Seremos, enquanto seres humanos, estúpidos ao ponto de aplaudir as palavras de alguém que defende a discriminação, a injustiça, o radicalismo e o extremismo? Num mundo evoluído, como é possível que existam pessoas a temer pela própria vida apenas porque apoiam uma religião? Como é possível que existam pais a temer a segurança dos filhos? Numa sociedade cada vez mais global, estaremos a avançar ou a regredir? 

3 comentários:

  1. A regredir, por completo. Quantas mais notícias, crónicas e comentários nas redes sociais leio, mais convencida fico de que o mundo está a tomar um caminho demasiado perigoso. Daqui a alguns anos todos vamos sofrer na pele o ódio, preconceito e raiva emanados seja por quem for.

    ResponderEliminar
  2. Desconhecia a existência deste dia - o que só prova que não lhe damos o valor devido. Ando aterrorizada com o Mundo que estamos a criar, confesso. Não sei - mesmo - onde é que isto vai parar. Gostava de acreditar que a maioria de nós tem consciência e memória, mas infelizmente a realidade só mostra o contrário...não sei. Obrigada por usares a tua voz!

    Jiji

    ResponderEliminar
  3. Sem dúvida que parece que estamos a voltar atrás no tempo em vez de avançar.

    ResponderEliminar