Thirteen

THIRTEEN | (?)

O blogue tem andado a meio gás. Não por falta de tempo - porque todas as semanas arranjo um bocadinho para vos escrever -, não por falta de ideias - porque a pasta de rascunhos tem já um número considerável de publicações começadas - mas porque tenho vindo a questionar o rumo que o meu "Thirteen" tem tomado. 

Tenho vindo a diversificar os temas que abordo - e isso será sempre, para mim, um orgulho -, tenho vindo a partilhar convosco uma nova fase da minha vida que me permite produzir novos conteúdos, tenho vindo a explorar novos caminhos, tenho vindo a utilizar mais o Instagram Stories, o Pinterest e as campanhas de email e tenho vindo a registar uma etapa surpreendente e exigente da minha vida que me desafia todos os dias. Sinto que este blogue tem crescido comigo - e já não me imagino sem ele - mas, ao mesmo tempo, sinto que, nas últimas semanas, a minha dedicação e a minha evolução não têm chegado a quem me lê do outro lado. E isso entristece-me.

"Por vezes, mesmo quando sabemos que já temos alguns leitores muito assíduos e fiéis ou que o nosso blog é estimado, as inseguranças atacam. Às vezes sentimo-nos como quando começámos a jornada: parece que estamos a falar para o boneco. Ou que ninguém quer saber do tema que quisemos apresentar. Ou que toda a dedicação que estamos a depositar não vale a pena porque já escrevemos sobre tudo, mesmo quando estimamos este projecto ao máximo e mesmo quando queremos que ele dure o maior número de anos possível. Às vezes, acontece." - escreveu hoje a Inês. E é isto mesmo.

6 comentários:

  1. Sem dúvida, Carolina. Acho que somos todos confrontados com essa realidade e esses pensamentos, por mais dedicação que tenhamos ao blogue e seguidores que nos acompanhem.
    Tenho acompanhado esta tua evolução e mudança e acho que estás no rumo certo, Carolina. Tens diversificado o Thirteen e isso é muito positivo. Tenho gostado, cada vez mais, de te ler e acompanhar as mudanças. Um grande beijinho :)

    ResponderEliminar
  2. Carol, deixa-me só dizer que acho que captaste uma parte da reflexão da Inês mais triste, apesar de sincera, porém, acho que não estás a ser sincera contigo mesma ou até justa. És tão genuína e há tanta gente que te lê, segue e acata os teus conselhos. O Conselho mais sincero que te posso dar hoje é que ponhas o blogue em perspectiva e reflictas se ele ainda transparece tudo o que tu queres. Não temas a mudança: abraça-a. Eu continuarei deste lado, incondicionalmente, porque acho mesmo que tenho muiiiiito para aprender contigo como te escrevi no postal.
    Se precisares de falar, sabes que estás à vontade comigo 💛 beijo enorme, girl!

    ResponderEliminar
  3. Como dizes, acho que faz parte Carolina. Há alturas em que ter um blog flui muito bem e faz todo o sentido e outras em que questionamos tudo o que escrevemos e publicamos. São fases. Gosto muito de acompanhar o thirteen e acho que estás num bom caminho :)

    ResponderEliminar
  4. Identifico-me tão com essa reflexão da Inês. Por mais que tenha leitores assíduos e muitas visualizações ( às vezes mais do que as que conto), tenho fases em que a segurança também me ataca e questiono tudo. Mas acho que isso faz parte, são fases que acabamos por ultrapassar :).
    Acredita que a tua evolução está a notar-se neste lado do ecrã, mesmo que não o sintas. Essa sensação pode derivar do facto de nem toda a gente que te lê dar feedback. Há muita gente, certamente, que te lê, que se sente inspirada com os teus posts e não comenta. Sinto-me um bocado culpada nesse aspeto, porque te leio praticamente todos os dias, mas só de vez em quando comento. Mas acredita que o teu blog está a evoluir imenso, e tenho adorado as surpresas que tens feito para nós, a newsletter, a diversificação dos temas,... Continua com o teu excelente trabalho e, como diz a Joana, não temas a mudança.
    Já sabes que, se quiseres, também podes falar comigo :).
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  5. Às vezes acontece, sim, mas que isso nunca te tire a certeza de que quem está deste lado te lê com carinho e atenção (mesmo que nem sempre comente, é o meu caso!). Sei o que é estar desmotivada, seja nisto dos blogs ou noutra coisa qualquer, mas isso é normal quando a vida está a acontecer um pouco por todo o lado e temos que desviar um pouco o foco. Não te martirizes e lembra-te que a garantia de apresentares bom conteúdo é o melhor que nos podes e tens dado sempre, por isso gere tudo da melhor forma para ti e nunca duvides da excelente qualidade do teu trabalho! <3

    ResponderEliminar