Thirteen

SOLIDARIEDADE | Destralhar. Simplificar.

Nos últimos anos acumulei tanta roupa que, agora, entro no meu quarto (ainda em casa dos meus pais), abro os armários e fico incomodada com a quantidade de coisas que tenho. Há tanta gente a precisar daquilo que eu não uso - e que, na verdade, não preciso - que dou por mim a pensar se não faria mais sentido fazer (mais) uma doação a uma instituição. Claro que faria!

Desafiei-me, então, a "destralhar" e a simplificar a minha vida. Quando chegar a altura de mudar de casa, só levarei comigo uma parte das minhas coisas (até porque me vou mudar para um espaço mais pequeno) e tudo o resto será separado em três grupos: 1) para o lixo, 2) para doar e 3) para guardar. No primeiro grupo ficarão todas as peças que já não têm salvação, no segundo tudo aquilo que eu não uso mas que poderá fazer outras pessoas felizes e por fim, no último grupo (e com uma regra muito específica) colocarei todas as coisas que quero manter na minha vida apesar de já não fazerem parte do meu quotidiano (o traje académico, por exemplo).

Infelizmente, a minha vida não me permite apoiar todas as causas que me aquecem o coração por isso, sempre que posso, contribuo com bens materiais. Desta vez, estou a planear uma doação maior. Preciso MESMO de simplificar a minha vida, de ter menos, de apostar naquilo que realmente importa. E tenho a certeza que esta pequena ação da minha parte irá fazer uma grande diferença na vida de outras pessoas. Agora que a Primavera se aproxima, desafio-vos a fazer o mesmo e a ajudar quem mais precisa.

8 comentários:

  1. Parece-me uma óptima ideia. Penso o mesmo às vezes quando chego ao quarto, há tanta coisa que não uso e sei que não me faz falta, assim que possa vou tirar um tempo e fazer uma verdadeira "limpeza". O que já não nos serve ou não precisamos, pode mesmo fazer a diferença e muitas vezes não nos lembramos disso.

    ResponderEliminar
  2. Eu normalmente não dou a instituições, mas diretamente a famílias que têm maiores dificuldades económicas e que normalmente têm um número elevado de filhos. Faço-o todos os anos, na altura do verão :) Há sempre roupa que passamos uma estação inteira sem usar, e que às vezes nem nos lembramos que existe. Outras simplesmente já não nos assentam tão bem. Independentemente do motivo, há quem possa precisar da roupa que já não usamos. Por isso é que é tão importante termos gestos como esse :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Acho mesmo que vou aderir a este desafio (sobretudo, na parte de doar a roupa que já não uso). É uma excelente ideia e confesso que já não o faço há algum tempo. É um gesto que além de fazer bem a nós próprios, está também a ajudar os outros :)

    ResponderEliminar
  4. Sabes de alguma instituição que teria todo o gosto em receber roupa? Também quero destralhar algumas peças de roupa e calçado mas queria doar a uma instituição que realmente desse valor à minha acção em vez de eu ir colocar roupa naqueles caixotes para a África.

    Blogue Meraki
    Redes sociais: Facebook || Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As juntas de freguesia normalmente aceitam e depois distribuem pelas famílias mais carenciadas ou pelas instituições da região :)

      Eliminar
  5. É mesmo uma boa ação Carolina. Em vez de termos a roupa a ganhar pó no armário, ajudamos quem mais precisa. Sempre que posso também o faço :)

    ResponderEliminar
  6. Por acaso isso é algo a que a minha mãe me habituou desde pequena e que me tornou numa pessoa que nunca tem uma quantidade excessiva de roupa no armário. Ainda o ano passado, quando mudei de quarto, aproveitei para fazer uma limpeza ainda mais a fundo no armário a acabei por doar 5 sacos de roupa para ter mais espaço para nova
    Muita sorte com isso, se fores como eu vais sentir-te super revitalizada depois ahahah

    ResponderEliminar
  7. Ainda ontem comentei um post mesmo semelhante no Bobby Pins - vocês são mesmo fofas! - e referi que tenho este hábito bianual, porque, sinto necessidade de limpar os armários, aproveitando para ajudar quem precisa: mesmo que, em certas limpezas, dê muito pouco.
    Um beijinho e boa sorte com isso!!!

    ResponderEliminar