Thirteen

SWEET CAROLINE | This is Adulting

Fazer mentalmente a separação do dinheiro assim que aparece a notificação de que o salário entrou na conta. Receber cartas das finanças e ficar em pânico mesmo sabendo que não há qualquer motivo para preocupação (e só descansar depois de ler a carta três vezes). Verificar diariamente o estado do reembolso do IRS e desesperar quando toda a gente já recebeu e o teu continua com a indicação de "Liquidação Processada" (quantos dias são precisos para autorizar a transferência?). Fazer poupanças com objetivos concretos. Não comprar roupa durante meses porque existem coisas muito mais aborrecidas para comprar (rodapés para armários, termoacumulador, exaustor e tampas de sanita). Perder a vergonha e pedir um aumento ao patrão. Desligar dos dramas académicos e sentir que o teu tempo já passou. Comprar medicamentos. Conduzir. Ter reuniões. Ver os amigos próximos a casar e a ter filhos. Pagar os presentes de todos os aniversariantes e noivos. Olhar para trás e ver que, de ano para ano, muda tudo. Ser financeiramente independente. Ter menos paciência para mensagens e falar mais vezes ao telemóvel. Gerir o tempo de forma eficaz. Precisar sempre de mais horas no dia. Adorar ir ao IKEA. Receber mais emails sérios do que newsletters e spam. Marcar mais um dia de férias (o dia pós-viagem) para recuperar. Sentir que muitos objetivos foram riscados da lista. Eliminar as relações tóxicas. Marcar consultas. Ter todos os cartões que permitem poupar algum dinheiro ou aproveitar promoções - incluindo o(s) do supermercado. 

2 comentários:

  1. É a "busy life" dos adultos, mas há que saber desfrutá-la :)

    http://cidadadomundodesconhecido.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Parece que descreveste a minha vida. E ainda assim, mesmo com tanta responsabilidade, não trocava isto por nada :)

    Jiji

    ResponderEliminar