Thirteen

BARCELONA, ESPANHA | Museu del Disseny

Inaugurado em 2015, o Museu del Disseny - ou Museu do Design - fica um pouco afastado das restantes atrações (não está localizado no centro de Barcelona), mas é um espaço que recomendo que explorem se forem fãs de publicidade, moda e decoração. 

Este museu reúne o espólio de quatro museus que já existiam na cidade (o Museu de les Arts Decoratives, o Museu de Ceràmica, o Museu Tèxtil i d’Indumentària e o Gabinet de les Arts Gràfiques) e todos os itens são expostos de acordo com a sua evolução, desde o momento da sua criação até à atualidade. A visita é feita ao longo de quatro pisos, havendo ainda algumas exposições temporárias para descobrir na zona da bilheteira e da biblioteca, onde existe também uma cafetaria.

Descobrir objetos de outros tempos é a primeira proposta do Museu do Design. O primeiro andar é dedicado ao património cultural e ao desenho de produto. Aqui encontramos uma exposição da evolução do desenho industrial em Espanha, especialmente focado na zona da Catalunha.

No segundo piso, as artes decorativas são as estrelas. Focada entre os séculos III e XX, a coleção é formada por azulejos, cerâmicas, mobiliário e até carruagens, havendo vários objetos surpreendentes, com detalhes em folha de ouro e pedras preciosas.

O terceiro andar é dedicado à moda e às silhuetas. Um verdadeiro mundo para quem gosta de conhecer as mudanças e hábitos culturais ao longo das décadas, através da roupa. Entre vestidos, roupa interior e armações, é uma exposição que fascinará aqueles que, assim como eu, não perdem uma boa oportunidade para ver, de perto, peças de roupa de época.

Por fim, o quarto andar. Dedicado ao design gráfico, este acervo mostra-nos a criação da profissão e alguns exemplos de propaganda e publicidade, assim como elementos icónicos desta área. Com obras criadas entre 1940 e 1980, é possível encontrar referências a grandes eventos desportivos, políticos e culturais. Uma grande exposição de cartazes e outras impressões que, de certa forma, revelam os valores privilegiados pela sociedade na altura em que foram produzidas.

Esta é uma visita para fazer com calma. De terça-feira a domingo, o museu está pronto para receber todos aqueles que se interessam pelas áreas aqui destacadas e que acreditam que há mais para descobrir por detrás de uma imagem ou peça de roupa bonita. No primeiro domingo de cada mês, as visitas são gratuitas, sendo que, com o Barcelona Card, isso se estende a todos os outros dias da semana.



FAMÍLIA | 6 Meses de Guilherme

2019 não foi um bom ano, mas se há coisa que me impede de o esquecer é o nascimento do Guilherme, que chegou bem mais cedo do que o previsto - com 29 semanas e uns dias - e que se revelou um verdadeiro guerreiro. Depois da surpresa e de um mês e meio na neonatologia revelou ser um menino forte e saudável, que alegra os nossos dias como ninguém.

Hoje, o Guilherme faz seis meses. Ainda não veste roupa de seis meses, mas as bochechas rechonchudas não enganam - pertence à família. Visito-o sempre que posso, normalmente ao fim-de-semana, e tem sido absolutamente extraordinário acompanhar a sua evolução e o seu crescimento de semana para semana.

Pequenino como nunca antes tinha visto, é a prova que o tamanho não importa e que, mesmo numa época terrível, há sempre bons momentos que merecem ser desfrutados e registados. Obrigada, Guilherme, por nos transmitires essa tranquilidade incrível e por, sem sequer saberes, tornares os nossos dias tão felizes. Cá estarei para continuar a ver-te crescer!

TELEVISÃO | The Mind, Explained

"The Mind, Explained" é um spin-off da série "Explained" da Netflix, que abraça o conceito da série original (simplificar e desconstruir conceitos relevantes) e que se foca, unicamente, na mente. Com apenas cinco episódios com uma duração aproximada de 20 minutos cada um, os temas são suficientemente diversos para atrair diferentes públicos, mas também específicos o suficiente para não fugirem ao objetivo principal - desmistificar o cérebro humano.

Os cinco episódios não têm de ser vistos por ordem cronológica de lançamento para fazerem sentido, o que é um ponto a favor, e abordam cinco temáticas pertinentes: a memória, os sonhos, as perturbações mentais, o conceito de mindfulness e os efeitos das substâncias psicadélicas. 

"The Mind, Explained" é uma série que cativa pela dinâmica e pelas explicações verdadeiramente interessantes. Mesmo quando já temos algum conhecimento sobre o tema, não deixa de ser curioso conhecer mais alguns factos, algumas opiniões e outras abordagens, assim como casos concretos e histórias na primeira pessoa. 

Confesso que não consigo escolher um episódio favorito. Ainda que tenha estado particularmente atenta ao episódio sobre ansiedade, pois apresenta este conceito de uma forma muito científica e organizada (que nos faz perceber que não estamos, simplesmente, loucos), fiquei fascinada com a abordagem perante o tema dos sonhos e da memória (não dá para acreditar nas estratégias que as pessoas utilizam para guardar informação!) e recomendo que vejam todos os episódios com atenção - não se deixem enganar pela leveza de cada um deles, pois têm imenso conteúdo.

LISBOA, PORTUGAL | 27Lisboa

Na 27Lisboa, na Rua do Poço dos Negros, tudo está à venda. É por isso que a decoração muda com frequência, assim como os elementos que aqui encontramos. Esta é uma loja que se preocupa não só com a qualidade e a durabilidade dos produtos, mas também com a forma como estes são produzidos, o seu impacto ambiental e o desperdício que geram.

O número 27 nada tem a ver com o número da porta. É uma referência aos proprietários do espaço, um casal, Kelly e Julien, que decidiu que estava na hora de abrir um negócio próprio, com produtos testados e experimentados por ambos e os seus três filhos. 27 é, na verdade, uma referência à sua história: casaram quando Kelly tinha 27 anos, no dia 27 de Maio (que também é o dia de aniversário de Julien), o número da segurança social de Kelly acaba em 27 e um dos seus filhos nasceu às 09h27 (ocupando a cama 27 da maternidade, claro). A certa altura, Kelly tatuou o número 27 no braço e essa tatuagem acabou por se transformar no logótipo da loja.

O casal mudou-se para Portugal para abraçar um estilo de vida mais tranquilo e sustentável e partilhar com o mundo o trabalho de Kelly, fotógrafa, e os produtos que fazem parte do seu quotidiano. Assim, tudo o que encontramos na 27Lisboa é fruto de um longo processo: o casal reúne com cada marca, experimenta os produtos em casa e no seu dia-a-dia, conhece os processos de produção, confirma que são sustentáveis, cria uma ligação com as pessoas por detrás dos projetos e só depois, confirmando que todos os artigos são realmente bons, os coloca à venda.

Ainda que a grande maioria dos produtos o seja, nem todos são produtos eco-friendly. No entanto, se não forem ambientalmente sustentáveis, têm algo de importante (apoiam pequenas comunidades, divulgam pequenos projetos familiares ou contribuem para causas nobres). Entre vernizes para as unhas, brinquedos para os miúdos, palhinhas de metal, sabonetes, pastas de dentes vegan, plasticina criada com cera de abelha e até alguns acessórios e peças de roupa criadas artesanalmente, todos os produtos (e marcas) têm uma história e uma filosofia que está em sintonia com os valores da 27Lisboa.

O Natal já passou, mas nunca é demais partilhar espaços onde encontramos os presentes e miminhos mais especiais, correto? Na 27Lisboa irão, certamente, encontrá-los - e não se limitem a visitá-la apenas em ocasiões singulares; há muitos produtos que poderão ajudar-vos a mudar os vossos hábitos e rotinas!


Instagram: @carolinanelas

TELEVISÃO | Lego House - Home of the Brick [2018]

O universo LEGO ganhou uma nova dimensão quando, em 2017, se concluiu a LEGO House. Fica em Billund, na Dinamarca, e é construída com peças LEGO mais robustas, criadas à escala humana. Como não podia deixar de ser, a Netflix lançou, no ano seguinte, um documentário sobre o projeto - e é incrível!

Tem apenas 47 minutos e oferece uma visão completa sobre esta casa-museu tão especial, desde a criação do projeto - com todas as decisões que isso implica - à conclusão do icónico edifício, passando pelos problemas iniciais de construção, pelos atrasos e pelos contratempos. A LEGO House tem quase 12 mil metros quadrados e - escusado será dizer - fascina miúdos e graúdos. O documentário mergulha na história da marca ao incluir diferentes entrevistas a Bjarke Ingels, o arquiteto responsável pela obra, e a vários diretores da LEGO, que refletem a visão por detrás deste museu e os momentos que alavancaram todo o projeto. 

A "LEGO House - Home of the Brick" está dividida em zonas coloridas e inclui dois pisos de experiências relacionadas com a marca, para além da galeria, dos restaurantes, do centro de conferências, da praça central e das salas de conferências… onde tudo é feito de peças LEGO. Marcamos a nossa viagem?