Thirteen

INTER RAIL | A Mochila

Pode parecer absurdo escrever toda uma publicação dedicada à mochila que me irá acompanhar na viagem do próximo mês mas a verdade é que para quem pretende viajar de mochila às costas (e não tem qualquer experiência com acampamentos e afins), esta acaba por ser uma decisão importante. Afinal, vamos carregá-la durante muitas horas e tem de ser, de verdade, uma mochila todo-terreno e acredito que devemos ter alguns critérios a escolhê-la. Para mim, são estes quatro:

Conforto | Não estou particularmente entusiasmada com as compras que preciso de fazer para o Inter Rail (falo-vos disso daqui a uns tempos) mas a mochila era algo que queria mesmo ser eu a comprar, pois só eu poderia sentir se seria ideal para mim quando a experimentasse. Ter alças almofadadas, por exemplo, era um requisito obrigatório. 

Estrutura | Algumas mochilas de caminhada/campismo não nos dão suporte suficiente e mal as colocamos nos ombros sabemos que, com o peso, serão difíceis de carregar durante algum tempo. A estrutura da mochila, assim como o número de bolsos, os materiais utilizados, as correias abdominais, a ventilação e a forma como a zona das costas está construída são muito importantes. Na verdade, é esta estrutura que vai definir se a mochila é boa e confortável o suficiente para um Inter Rail ou uma longa caminhada.

Capacidade | Vamos viajar durante quinze dias, aproximadamente, e apesar de ficarmos instalados em apartamentos nas cidades que escolhemos visitar, temos que levar tudo o que nos irá fazer falta. Já sou profissional a fazer malas e consigo enfiar o mundo e um par de botas numa mala de cabine (Londres, no Inverno, foi um bom desafio!), mas este tipo de viagem exige cuidados diferentes. Para quinze dias, optámos por uma mochila com capacidade de 40L. Mais do que isso pareceu-nos excessivo mas menos do que 30L também nos parecia pouco. Optámos pela de 40L (e comprámos as últimas três da loja!) com a certeza de que mais vale viajar com uma mochila de 40L folgada do que com uma de 30L a abarrotar.

Relação preço/qualidade | Não sei quando vou voltar a precisar de uma mochila de campismo e apesar dos critérios exigirem uma mochila de qualidade - não quero que se desfaça a meio da viagem! - não queria gastar mais de cinquenta euros na mochila. Sim, vai ficar guardada num local seguro para qualquer eventualidade - e espero que seja usada mais vezes nos próximos anos! - mas não será, certamente, algo de uso frequente. Sem ligar às cores (até porque não havia grandes opções), acabámos por comprar este modelo. E assim começaram as compras para a viagem!


Instagram: @carolinanelas

5 comentários:

  1. Tens razão,Carolina...Antes de comprar uma mochila que nos acompanhará em viagens, temos que estar bem atentas! Gostei de tuas colocações. Boas compras e viagem! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Na hora de comprar as minhas mochilas de campismo, tive alguns desses parâmetros em atenção, sendo o conforto e a estrutura os fatores decisivos para a compra de ambas. Quanto ao possível futuro uso da mochila, fa-lo em viagens em que tens de andar muito a pé - tal como o interrail - e em que precises de levar muita coisa. As minhas últimas viagens têm sido feitas com a de menor capacidade e não existe coisa mais prática. Podes subir e descer escadas facilmente sem teres de pegar na mala.
    Boa viagem e aproveita muito. Ficarei à espera dos posts sobre os locais. Já agora, se precisares de ajuda em relação a alguma cidade, diz!! Acho que já visitei algumas das cidades por onde vais passar. :)

    ResponderEliminar
  3. Vou precisar de comprar uma mochila desse género para levar quando for de Erasmus e esta publicação foi muito útil. Obrigada, Carolina!

    ResponderEliminar
  4. Também comprei uma mochila dessas há uns anos quando fiz uma viagem do genro mas pelo algarve e nunca mais a voltei a usar XD

    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderEliminar
  5. Não me parece absurdo dedicar uma publicação toda à mochila, na verdade penso que seja bastante útil para quem vá fazer Inter Rail.
    Eu tenho mesmo que começar a treinar essa capacidade de meter o meu mundo numa mala de cabine, eu sou a pior pessoa a fazer malas, levo sempre demais xD.
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar