Thirteen

CINEMA | Wonder [2017]

Agora que os fins-de-semana são ainda mais propícios a tardes no sofá, acompanhados de chá e filmes leves, deixo uma sugestão que aquece o coração e que certamente fará as delícias de muitos: "Wonder" - a história de uma criança que nasceu com problemas graves de saúde (nunca explorados com grande detalhe) e que passou por 27 cirurgias plásticas que fizeram muito por si, mas que deixaram cicatrizes e marcas.

Com mensagens de superação, amizade, preconceito e apoio familiar, "Wonder" cativa vários tipos de público (mesmo aquele que tem corações de pedra) e mostra que as crianças - que podem também ser tão cruéis - podem ser maravilhosas. Sair da zona de conforto, enfrentar os olhares reprovadores, viver numa realidade complexa e deixar todas as manhãs o bem-estar de casa... não é fácil.

O foco do filme está na criança de 10 anos que se refugia em Star Wars para lidar com os momentos menos bons, mas a maneira como os outros membros da família lidam com a situação também é explorada de uma forma delicada que sensibiliza - apesar de Auggie ser o alvo dos olhares estranhos e dos trocadilhos maldosos, aqueles que o amam sofrem por não poderem fazer mais para o proteger.

"Wonder" é comovente e os atores contribuem para isso - não há como resistir à ternura de Jacob Tremblay. Esta longa metragem destaca a individualidade, as pressões a que estamos sujeitos, a influência que determinados momentos têm na nossa postura, a necessidade de ser criança e a importância do apoio familiar. Repleto de boas intenções, "Wonder" baseia-se em mensagens positivas e assume um conjunto de valores que não devem ser esquecidos. Com sensibilidade e sem cair no exagero, "Wonder" é isso mesmo - extraordinário.

2 comentários:

  1. Chorei que nem um bebé a ver este filme. Jacob Tremblay já é um actor que me marca muito, desde "Room". Este filme só veio continuar a provar a sua excelência :) Recomendo vivamente o livro, acho que capta a essência de uma criança de uma forma fenomenal!

    Um beijinho,
    Sónia Rodrigues Pinto
    By the Library

    ResponderEliminar
  2. Este filme é mesmo extraordinário! Não poderia não concordar com a tua review, pois é mesmo um filme super completo, que comove, que nos faz sorrir, que nos faz sentir muita coisa. Incrível!

    ResponderEliminar