Thirteen

INSTAGRAM | Dezembro 2018

O último mês do ano, que termina de forma pouco simpática, e que já chama por um novo ano. É triste que nem sequer tenha passeado pela cidade para ver as decorações e as luzes, mas o espírito natalício não chegou a mim este mês. Foi, talvez, o mês mais cansativo a nível emocional, e as novidades foram poucas.

Houve comboios que perdi, outros que tive que correr para apanhar. Regressei a Lisboa. Regressei ao Porto. Tivemos um mês louco no Thirteen Studio, com novos produtos e muitos envios (espero, em nome da equipa, que todos os presentes de Natal tenham levado felicidade às vossas casas!). Fiz publicações sobre Praga. Fui à televisão (e continuo a preferir os  bastidores), e descobri um restaurante asiático que me levou a viajar pelo mundo. Dei miminhos à pequenada. Fui ao cinema. Descobri marcas portuguesas absolutamente fascinantes. Escrevi um texto que hesitei muito antes de publicar. Recebi presentes com imenso significado. Lutei contra a vontade de ficar em casa. Trabalhei muito. Recebemos o Francisco. Vi o Victoria's Secret Fashion Show (e publiquei a minha opinião, como manda a tradição). Recebi os postais da Inês, da Joaninha e da Cherry - que alegraram o meu Natal. O meu grupo de amigos reuniu-se lá em casa (e eu não precisei de me preocupar com nada). Li pouco. Escrevi ainda menos. Acordei (demasiado) tarde. Fiz terapia. Abracei muito. Comprei presentes de Natal - e, este ano, não personalizei os embrulhos mas ofereci muitas experiências. Fiz (alguns) planos para 2019 (sobretudo no que diz respeito ao Thirteen e ao Thirteen Studio). Chorei muito. Tive vontade de gritar muitas vezes. Porém, na última semana do mês, olho para trás e reconheço: foi um mês de amor.

3 comentários:

  1. Espero que termines o ano com outro ânimo e energias renovadas! Vem aí uma tela em branco e tu és uma artista! :)

    ResponderEliminar
  2. Foi um mês de Amor e eu espero que tenhas sentido com muito carinho o meu por ti. Espero mesmo que 2019 te traga o quente que precisas. Aquece-me o coração saber-te rodeada por pessoas boas que te acompanham até no cansaço, que te fazem companhia e que respeitam o teu espaço.
    És Amor, nunca te esqueças disso.

    ResponderEliminar
  3. No meio de algum caos vejo que conseguiste retirar algumas coisas boas, por isso, não foi perdido. Só espero que o próximo mês, pertencente a um novo ano, te dê tudo o que desejas e que traga mais paz e ainda mais amor à tua vida. Um beijinho, Carolina

    ResponderEliminar