Thirteen

SAÚDE | O Lado Positivo do Estado Ansioso-Depressivo

Viver num estado ansioso-depressivo é como jogar à roleta russa. Nunca sabemos se vamos acordar com energia, se vamos ter uma crise a meio do dia, se vamos precisar de uma grua para sair da cama, se o coração acelerado vai acalmar a meio da manhã, se a nossa comida favorita nos vai deixar enjoados, se vamos conseguir escrever um texto até ao fim, se a sessão de cinema com os amigos vai ser espetacular, se vamos rir muito, se vamos chorar, se vamos conseguir fazer tudo o que temos previsto. Todos os dias são uma incógnita - e sair da cama de manhã (sobretudo se o conseguirmos fazer a horas razoáveis) passa a ser uma vitória. Na verdade, só apetece dormir - porque passamos a acreditar que são as infinitas horas de sono que vão resolver o problema.

Para compensar toda esta nuvem negra, e contrariando com muiiiiita dificuldade a minha vontade de ficar na cama e hibernar durante um número exagerado de horas, dei por mim a pensar naquilo que alterei ao longo dos últimos meses e que esta fase menos boa me trouxe de positivo - por muito irónico que pareça, consegui (porque me obriguei a fazê-lo) encontrar vantagens no meio de tudo isto.

Os Livros | Para evitar a vontade de dormir assim que entro em casa - e quando a ausência de ecrãs é essencial -, tenho-me refugiado nos livros. E se anteriormente me debruçava mais sobre livros técnicos, agora tenho vindo a diversificar as minhas leituras. Em Janeiro, li o da Garance Doré e o da Edith Eger e nesta última semana estou a ler O Rouxinol, que prometo partilhar em breve. No meio de tanta coisa má, ler mais e ser mais versátil nas minhas leituras revelou-se uma consequência positiva daquilo que sinto e que ainda não compreendo.

O Foco | Uma das coisas que me surpreende todos os dias é o quão focada consigo estar no trabalho. A minha necessidade de me abstrair do meu mundo é tanta, que quando estou a trabalhar consigo entrar numa bolha e desempenhar as minhas tarefas. Janeiro está a ser, para mim, um dos piores meses de sempre, mas a nível profissional estou bastante satisfeita com os resultados e com aquilo que tenho vindo a produzir no By Cool World - tenho-me sentido ainda mais focada nas minhas tarefas (mesmo que, ao final do dia, me sinta muiiiito mais cansada).

O Thirteen | A minha maior vitória, no meio de tantas coisas a acontecer, tem sido conseguir distanciar-me o suficiente daquilo que não quero sentir para trazer-vos conteúdos novos de forma quase diária. Não estou a ser falsa ou a tentar passar a ideia de uma vida perfeita; simplesmente estou a conseguir que este blogue seja exatamente aquilo que eu pretendo que seja nesta fase: um escape.

5 comentários:

  1. Como te compreendo!
    Também acabo por me refugiar imenso nos livros. Em termos sociais pode não ser a melhor opção mas, não havendo outra, acho que até é bastante bom...
    Em termos de foco, infelizmente, estou num polo completamente oposto :(( Mas acredito que tudo vai melhorar!

    Um beijinho e muiita força,
    MESSY GAZING

    ResponderEliminar
  2. O primeiro pensamento que me veio à cabeça quando li o título foi: mas isto tem um lado positivo?
    Qual o meu espanto quando dei por mim a acenar com a cabeça logo no primeiro ponto, mas também no segundo. Os livros têm sido uma grande ajuda, especialmente antes de dormir, porque me ajuda a abstrair daquilo que possa estar a sentir e que me impede de adormecer. Quanto ao conseguir focar-me no trabalho, tem dias, mas não tenho dúvidas que a minha capacidade de concentração e de abstracção estão a aumentar. Às vezes (aliás, muitas vezes), é um tarefa quase hercúlea. Mas são os desafios que nos ajudam a ir em frente!

    ResponderEliminar
  3. Tu és incrível, digo-o de coração. No meio de toda a nuvem que te desgasta, encontras algo a que te agarrar, isso demonstra que és forte, que és corajosa <3

    ResponderEliminar
  4. Acho que olhares para as coisas boas que vão acontecendo, por muito pequenas que sejam é sempre um óptimo exercício.:)

    Beijinhos
    Another Lovely Blog!, https://letrad.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. O importante é reconhecermos o problema e fazer tudo ao nosso alcance para tentar tornar o dia melhor e acreditar sempre que o amanhã vai ser ainda melhor. O teu à vontade para partilhares o bom, o mau e o incrível é de louvar. Obrigada por seres uma inspiração 💕😘

    ResponderEliminar