Thirteen

AMIZADE | Continuas aqui, Bel.

Ficámos a olhar para o vazio, de televisão desligada, sentados no sofá. A notícia do falecimento de um amigo deixou-nos em choque, sem sabermos ao certo o que haveríamos de dizer ou de fazer, sem coragem para enfrentar o mundo. Estas nunca são notícias fáceis de encarar, mas é ainda mais difícil lidar com a morte quando estamos a falar de um amigo que fez parte da nossa vida académica e com quem estivemos há menos de um mês.

Ainda não chorei tudo o que tenho para chorar. Ainda não assimilei a notícia. Sei que ninguém brincaria com uma coisa destas - nem mesmo ele, que transformava tudo numa piada e que nos fazia rir com os comentários que não conseguia conter (e que, curiosamente, chegavam sempre nos momentos em que o riso precisava de ser contido!) - mas ele tinha 33 anos e uma vida pela frente, caramba!

Celebra, João Belchior. Bebe mais um copo. Pede para não apareceres nas fotografias. Ri às gargalhadas. Diz o que te apetece. Esquece os filtros. Abraça o ridículo. Guarda os valores que privilegias e que (também) me passaste. Faz mais um brinde, mesmo que tenha sido o teu coração de ouro a tramar-te. Quem tem bom coração nunca é esquecido. Obrigada por tudo, Bel. Obrigada.

3 comentários:

  1. Muita força, Carolina e um beijinho muito grande <3

    ResponderEliminar
  2. Quando essa notícias no chegam é difícil acreditar, especialmente porque não queremos que sejam verdade. Beijinhos e força Carolina.

    Another Lovely Blog!, https://letrad.blogspot.com/

    ResponderEliminar