Thirteen

LIVRO | A Nossa Casa Está a Arder

“A Nossa Casa Está a Arder” chegou às livrarias portuguesas em Junho e não passou despercebido aos meus olhos (nem aos de milhares de pessoas que já o leram ou que compraram para ler nos próximos tempos). O livro relata a luta de toda a família de Greta Thunberg contra as alterações climáticas e aborda questões sociais importantíssimas para as gerações atuais e futuras.

Duvido que ainda não tenham ouvido falar nesta adolescente, mas a verdade é que Greta está a fazer mais pela crise climática do que aquilo que é transmitido na televisão (e do que qualquer um de nós, na generalidade). A miúda, que começou por fazer greve à escola em frente ao parlamento sueco para chamar a atenção dos meios de comunicação, não ficou por aí. Todos os dias, Greta apela à adoção de práticas sustentáveis, critica os monstros empresariais sem medo, faz discursos para milhares de pessoas, apresenta soluções e dá o exemplo. “A Nossa Casa Está a Arder” era um livro urgente, e ainda bem que Malena Erman decidiu contar esta história em conjunto com as filhas (Greta e Beata) e o marido (Svante).

O livro começa e termina da mesma forma: com discursos de Greta Thunberg em diversas partes do mundo e em diversas situações. A base do discurso é sempre a mesma, e enquanto lia “A Nossa Casa Está a Arder” achei que poderiam ter optado por colocar apenas alguns (até porque, a maioria, é constituída por parágrafos repetidos antes), mas compreendo que seja necessário repetir as palavras até que sejam verdadeiramente ouvidas.

E se quando pensamos na crise climática imediatamente nos lembramos de alterações meteorológicas e catástrofes naturais, a verdade é que “A Nossa Casa Está a Arder” nos chama a atenção para muitas outras questões, todas elas relacionadas com sustentabilidade e hábitos aparentemente inofensivos que se entranharam no nosso quotidiano e que acabaram por destruir por completo o futuro das próximas gerações. Os recursos do planeta escasseiam e ninguém parece importar-se com isso. Acredito que só nos apercebamos da gravidade da situação, eu incluída, quando já não houver nada a fazer - é preciso que livros como “A Nossa Casa Está a Arder” nos lembrem que temos que agir já, que temos que mudar, que temos que arranjar alternativas válidas.

“A Nossa Casa Está a Arder” conta-nos a história da família de uma forma muito pessoal, abordando questões como a saúde mental, as escolhas que são feitas em detrimento da felicidade familiar, a angústia de ter uma filha doente sem qualquer diagnóstico acertado. Apesar de se focar na crise climática, “A Nossa Casa Está a Arder” é também uma chamada de atenção para vários problemas da sociedade, que se torna cada vez mais individualista. O sistema educativo, as necessidades especiais e a estandardização das soluções são um foco a certa altura, tal como as emissões de gases com efeito estufa ou a pouca importância dada pelos políticos à crise climática.

A principal mensagem de “A Nossa Casa Está a Arder” é que a crise climática é realmente uma crise que precisa de ser tratada como tal. No entanto, o livro aborda a questão de uma forma muito emotiva e científica em simultâneo. Será que se atribuíssemos à crise climática a gravidade que merece, não estaríamos também a trabalhar para uma sociedade mais unida, mais solidária, mais feliz e mais atenta?


Fotografia: Wook.

5 comentários:

  1. A Greta tem sido um grande exemplo neste tema. Ainda não senti aquela vontade enorme de ler o livro, mas concordo quando dizes que era um livro urgente

    ResponderEliminar
  2. Confesso que o nome do livro já chegou várias vezes aos meus ouvidos mas nunca me debrucei realmente sobre o assunto. Obrigado pela tua partilha, parece ser um livro que precisa urgentemente de vir viver na minha estante.

    ResponderEliminar
  3. Sempre que leio a opinião de alguém relativamente a este livro, a minha curiosidade cresce. É preciso mudar e encarar esta crise climática tal como ela é - uma crise.
    Mal posso esperar por o ter nas minhas mãos!

    ResponderEliminar
  4. Ouvi falar mas não tinha tomado nota no assunto. Fiquei com vontade de o ler!

    ResponderEliminar
  5. A Greta é uma verdadeira inspiração. Estou longe de ser a pessoa mais ecológica e sustentável mas acredito que aos pouquinhos chegamos lá. É urgente boicotar os negócios que beneficiam as alterações climáticas e por isso, se correr como planeio, em setembro voltarei a fazer greve. Parece ser um livro incrível!

    ResponderEliminar