Thirteen

BARCELONA, ESPANHA | Cremat 11

Acordámos cedíssimo e aterrámos em Barcelona por volta das 09h30. Apanhámos o autocarro para o centro da cidade, comprámos o cartão do metro e decidimos que a primeira zona a visitar seria El Born, um bairro caracterizado por ruas medievais estreitas que reúnem espaços modernos e uma população bastante jovem. O primeiro museu que iríamos visitar seria o "Museo de Picasso", pelo que decidimos que o brunch seria no Cremat 11. 

Este é um espaço descontraído, com opções para todos os gostos e estilos alimentares (se procuram refeições vegan, por exemplo, encontram-nas aqui) e famoso por, essencialmente, três coisas: as panquecas, os ovos Benedict e os cocktails. A decoração, cuidada e jovem, que mistura o lado rústico do edifício com a modernidade do mobiliário, torna a experiência mais bonita. Para além dos ingredientes frescos e das combinações saborosas, o Cremat 11 conta com uma equipa simpática e uma localização privilegiada. 

Eu pedi os famosíssimos ovos Benedict, enquanto a Ângela optou pela tosta de abacate. Para beber, uma limonada de frutos vermelhos e uma limonada tradicional, com menta e hortelã. Tudo delicioso. Ficaram por provar as panquecas com frutos vermelhos e mascarpone - a indecisão manteve-se até ao final! - mas a escolha desta primeira visita foi vencedora. Com música ambiente e uma calma surpreendente tendo em conta a quantidade de pessoas que passeavam pela zona naquela manhã, o Cremat 11 foi uma boa forma de começar a desbravar o que Barcelona tinha para nos oferecer.


A opinião da Ângela sobre o Cremat 11 pode ser vista AQUI.

Mais sobre Barcelona: 10 Dicas e Curiosidades

Sem comentários:

Enviar um comentário