Thirteen

TELEVISÃO | Coisa Mais Linda [2019]

Foi lançada em Março de 2019 e é uma produção brasileira da Netflix. Para já, "Coisa Mais Linda" tem apenas uma temporada com sete episódios, mas a segunda já está confirmada e tudo indica que será disponibilizada ainda este ano. 

"Coisa Mais Linda" tem início nos anos 50 e, para além do guarda-roupa e das paisagens de sonho (Rio de Janeiro, malta!), conta a história de mulheres independentes que criam a sua própria história.

Os brasileiros dizem que o melhor remédio para um coração partido é um conjunto equilibrado de autoconfiança, amigas e Bossa Nova. "Coisa Mais Linda" pega nessa premissa e leva-a mais longe ao apresentar a nova vida de uma mulher paulista conservadora (totalmente dependente do seu marido e do seu pai), no Rio de Janeiro. Maria Luiza descobre que o marido não só não tratou da abertura do restaurante no Rio de Janeiro, como tinham combinado, como também desapareceu com todo o seu dinheiro e a traiu. Assim, Malu (como fica a ser conhecida no Rio) arregaça as mangas e põe as mãos à obra para criar aquilo que realmente quis desde o início e que o seu marido achava uma terrível ideia: um clube de música.

A música (claro!), a energia contagiante e as mensagens de coragem e superação cativaram-me de imediato. No entanto "Coisa Mais Linda" é mais do que o retrato de mulheres bonitas que brincam aos negócios; é uma chamada de atenção feminista e liberal, que nos faz sentir que somos capazes de tudo e que nem todas as mulheres precisam, realmente, de um homem para transformar os seus sonhos em realidade. 

Muito na onda de "Las Chicas del Cable", com uma roupagem totalmente diferente mas igualmente cuidada, elegante e forte, abordando temas importantes na luta das mulheres, desde as autorizações dos homens à possibilidade de fazer um aborto, passando pelo preconceito relacionado com a cor da pele, a criação de um clube noturno e a atribuição de papéis. "Coisa Mais Linda" é uma série leve e perfeita para o verão.

1 comentário: