Thirteen

BARCELONA, ESPANHA | Museu del Disseny

Inaugurado em 2015, o Museu del Disseny - ou Museu do Design - fica um pouco afastado das restantes atrações (não está localizado no centro de Barcelona), mas é um espaço que recomendo que explorem se forem fãs de publicidade, moda e decoração. 

Este museu reúne o espólio de quatro museus que já existiam na cidade (o Museu de les Arts Decoratives, o Museu de Ceràmica, o Museu Tèxtil i d’Indumentària e o Gabinet de les Arts Gràfiques) e todos os itens são expostos de acordo com a sua evolução, desde o momento da sua criação até à atualidade. A visita é feita ao longo de quatro pisos, havendo ainda algumas exposições temporárias para descobrir na zona da bilheteira e da biblioteca, onde existe também uma cafetaria.

Descobrir objetos de outros tempos é a primeira proposta do Museu do Design. O primeiro andar é dedicado ao património cultural e ao desenho de produto. Aqui encontramos uma exposição da evolução do desenho industrial em Espanha, especialmente focado na zona da Catalunha.

No segundo piso, as artes decorativas são as estrelas. Focada entre os séculos III e XX, a coleção é formada por azulejos, cerâmicas, mobiliário e até carruagens, havendo vários objetos surpreendentes, com detalhes em folha de ouro e pedras preciosas.

O terceiro andar é dedicado à moda e às silhuetas. Um verdadeiro mundo para quem gosta de conhecer as mudanças e hábitos culturais ao longo das décadas, através da roupa. Entre vestidos, roupa interior e armações, é uma exposição que fascinará aqueles que, assim como eu, não perdem uma boa oportunidade para ver, de perto, peças de roupa de época.

Por fim, o quarto andar. Dedicado ao design gráfico, este acervo mostra-nos a criação da profissão e alguns exemplos de propaganda e publicidade, assim como elementos icónicos desta área. Com obras criadas entre 1940 e 1980, é possível encontrar referências a grandes eventos desportivos, políticos e culturais. Uma grande exposição de cartazes e outras impressões que, de certa forma, revelam os valores privilegiados pela sociedade na altura em que foram produzidas.

Esta é uma visita para fazer com calma. De terça-feira a domingo, o museu está pronto para receber todos aqueles que se interessam pelas áreas aqui destacadas e que acreditam que há mais para descobrir por detrás de uma imagem ou peça de roupa bonita. No primeiro domingo de cada mês, as visitas são gratuitas, sendo que, com o Barcelona Card, isso se estende a todos os outros dias da semana.













A publicação da Ângela pode ser lida AQUI.

1 comentário:

  1. Parece-me que adoraria esse museu, principalmente pela roupa da época, adoro vê-la!
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar