Thirteen

MÚSICA | David Fonseca no Theatro Circo [Setembro 2019]

A semana foi dura para os bracarenses, que acordaram no dia anterior com a notícia de que a Gabriela se tinha tornado na mais recente vítima mortal da violência doméstica, um flagelo que não tem justificação em pelo século XXI. No entanto, e por muito triste ou doloroso que seja, a vida não pode parar - sobretudo porque é necessário alertar, sensibilizar, mostrar que não acontece só aos outros ou lá longe.

Foi isso que o David Fonseca e o Theatro Circo fizeram: transformaram este concerto numa homenagem à Gabriela e a todas as vítimas de violência e distribuíram panfletos sobre a problemática (ao invés de panfletos alusivos ao artista ou ao espetáculo). David Fonseca iniciou o concerto com Hallelujah, num tom bem mais sereno e emotivo do que o habitual. E não podia ter sido de outra forma.

Não será mentira se vos disser que já perdi a conta ao número de vezes que vi - e ouvi - o David ao vivo, mas calculo que já não as possa contar pelos dedos das mãos. Não é por acaso.

Nenhum concerto do David Fonseca é igual ao anterior e o músico voltou a comprová-lo nesta digressão, onde apresentou "Radio Gemini - Closer" e envolveu o público num conceito que se caracterizou pela genuinidade, pela humildade, pela criatividade e, como sempre, pela qualidade. Ao lado de Paulo Pereira, David Fonseca trouxe para o palco do Theatro Circo mais um pouco de si, partilhando com um público apaixonado (e claramente conhecedor do seu trabalho) aquilo que o inspira, aquilo que o faz continuar a caminhar nesta sua carreira a solo e aquilo que foi aprendendo nas suas digressões. 

Sou fã do David Fonseca desde criança e continuo a ficar surpreendida com a sua capacidade de inovação num mundo nitidamente difícil e saturado. Ele cria e apresenta músicas que lhe dizem algo, que não foram escritas por rimarem, que têm um significado associado e que contam um pouco da sua história - isto faz toda a diferença. Para minha surpresa, a apresentação de Radio Gemini incluiu também uma música que me diz muito e que nunca tinha tido a oportunidade de ouvir ao vivo: You Know Who I Am. Uma surpresa maravilhosa, especialmente porque fui para o concerto com aquela sensação de que não iria se não tivesse comprado o bilhete com tanta antecedência.

O concerto foi, uma vez mais, tudo o que eu precisava que fosse e, tendo em conta o momento em que me encontrava, acabei por sentir as letras das canções de uma forma muito pessoal e intimista. Para o David Fonseca, apenas uma palavra: obrigada.


Fotografia retirada do Facebook do David Fonseca.

Sem comentários:

Publicar um comentário