Thirteen

HEY, DAISY | Tapa-Fraldas Margarida

A minha máquina de costura chegou pouco depois de ter sido decretado o Estado de Emergência em Portugal, mas a verdade é que ainda não a sei usar conveniente e o tempo livre passado em casa não tem sido usado para criar novidades no meu guarda-roupa. A minha mãe, por sua vez, com (muitos) mais conhecimentos do que eu, decidiu colocar mãos à obra e fazer algumas roupinhas para a neta que vem a caminho. 

Forrado e com um laçarote no rabinho, o tapa-fraldas Margarida foi a sua primeira criação para bebé, mas o resultado está à vista: costuras perfeitinhas e elásticos adequados aos mais pequeninos, que não apertam demasiado nem tornam a peça desconfortável. É verdade que a Hey, Daisy deveria ser a montra das minhas criações, mas seria uma pena não partilhar com o mundo aquilo se faz cá por casa, certo? E quão amorosa vai ficar a Margarida?

1 comentário: